ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 32º

Esportes

Com investimento “pé no chão”, Operário define treinador para 2020

Glauber Caldas, ex-Costa Rica, foi o escolhido pela direção do Galo

Por Jones Mário | 30/12/2019 18:46
Glauber Caldas tem passagem pelas categorias de base do Vila Nova (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)
Glauber Caldas tem passagem pelas categorias de base do Vila Nova (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)

O técnico Glauber Caldas vai comandar o Operário no Campeonato Estadual 2020. O acerto ainda não foi anunciado pelo clube, mas o treinador confirmou a definição.

Caldas comandou o Costa Rica no Sul-mato-grossense deste ano e levou a Cobra do Norte até as quartas de final, estágio no qual foi eliminado pelo Sete de Dourados. O profissional tem passagem também pelas categorias de base do Vila Nova, de Goiás.

Em entrevista ao Campo Grande News, o treinador confirmou que conversava com a direção operariana há “algum tempo”, mas o martelo só foi batido na noite da última sexta-feira (27).

“É um desafio enorme, mas me sinto muito honrado pelo convite. Afinal, é o maior clube do Estado, o de maior torcida, e como campo-grandense sei da responsabilidade que me foi confiada”, disse Caldas.

Após investimento alto este ano, quando o Galo defendeu o título estadual conquistado em 2018, disputou Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro Série D, a temporada 2020 promete ser de gastos mais enxutos.

Segundo Caldas, o clube “está em um processo de reestruturação, então será um ano com investimento pé no chão”.

“Mesmo sabendo que Águia Negra, Aquidauanense e Costa Rica, pelo investimento que terão, são favoritos, o Operário, pela tradição e torcida que tem, tem obrigação de lutar pra ser campeão”, admitiu o técnico.

O Galo é o maior campeão sul-mato-grossense, com 11 títulos. Este ano, a campanha no Estadual parou nas quartas de final, quando foi eliminado pelo Aquidauanense, que acabou com o vice-campeonato.

Reforços - Glauber Caldas ainda não fala em nomes para compor o elenco operariano. Ele pretende reunir grupo de atletas e começar os treinamentos nesta primeira semana de janeiro.

“Faço uma prospecção constante de atletas, então, dentro do perfil do que queremos, vamos buscar montar a equipe. Claro, dentro da realidade financeira”, reconhece.

De acordo com o presidente do Operário, Estevão Petrallás, os atletas contratados só serão revelados em entrevista coletiva no início de 2020.

Glauber Caldas afirmou ainda que gosta de ver em campo uma “equipe equilibrada e muito organizada em todas as fases, jogando de maneira intensa e tentando propor o jogo”.

O Operário estreia no Campeonato Estadual no dia 2 de fevereiro, em casa, diante do Pontaporanense.