A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

25/08/2019 19:58

Etapa foi mais curta para UTVs após dono impedir a passagem por fazenda

Fazendeiro em Camapuã mudou de ideia durante a prova e impediu a passagem de parte dos veículos.

Adriano Fernandes
Recepção de competidores em Costa Rica (Foto: Sertões/Divulgação)Recepção de competidores em Costa Rica (Foto: Sertões/Divulgação)

A primeira etapa do Rally dos Sertões, neste domingo (25) foi mais curta para 28 pilotos de UTVs (tipos de buggy), depois que um fazendeiro em Camapuã, impediu a passagem dos competidores pela propriedade.

De acordo com a organização do evento, como não havia tempo para negociar a passagem dos veículos a direção decidiu reduzir o tamanho da prova. Como 27 UTVs, motos e veículos já haviam passado pela propriedade e completaram os 430 quilômetros do percurso, os resultados desta categoria serão equalizados com os demais que ficaram em desvantagem.

Esta primeira etapa terminou em Costa Rica. Conforme resultados extraoficiais da classificação da etapa, as duplas Cristian Baumgart/Beco Andreotti; Guiga Spinelli/Youssef Haddad e Luiz Facco/Humberto Ribeiro ocuparam a 1ª, 2ª e 3ª colocação respectivamente nos carros. 

Nas UTVs, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin ficaram em primeiro, Gabriel Varela/Eduardo Shiga em segundo e Pedro Queirolo/Rodrigo Konig ficaram em terceiro. Amanhã os pilotos deixam a cidade com destino a Barra do Garças (MT). Serão mais 530 quilômetros de trecho cronometrado. 

Nesta edição, o Rally dos Sertões ainda dorme em São Miguel do Araguaia (GO), Porto Nacional (TO), São Félix do Tocantins (TO), Bom Jesus (PI) e Crateús (CE) até a chegada em Aquiraz (CE). A competição vai terminar com 4.887,59 quilômetros percorridos, dos quais 2.832 quilômetros de especiais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions