A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/09/2009 15:48

Jogo é chance de MS ainda brigar por 2014, diz Delcídio

Redação

O senador Delcídio do Amaral (PT) avaliou que a realização do último jogo do Brasil pelas eliminatórias da Copa, no Estádio Morenão, é "a oportunidade para que a Capital sul-mato-grossense volte a ser uma alternativa de sede para a Copa do Mundo de 2014". Apesar de Campo Grande ter perdido a disputa para Cuiabá, ele destacou que a cidade ainda tem chance de ser escolhida pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

"Esse momento é especialíssimo para Mato Grosso do Sul. Primeiro porque teremos condições de assistir de perto alguns dos maiores jogadores do futebol mundial, caso do Kaká, Miranda, Adriano, Robinho, Julio César, enfim, todos aqueles craques que, ou estão jogando na Europa, ou estão em grandes clubes brasileiros, e que fazem parte de uma Seleção altamente qualificada para ganhar a Copa do Mundo de 2010", elogiou o petista.

"Só isso já é uma coisa simplesmente extraordinária para todos nós, sul-mato-grossenses", destacou, sobre o jogo contra Venezuela no dia 14 de outubro deste ano.

Oportunidade - "Além disso, tem o fator preponderante que é a oportunidade de Mato Grosso do Sul mostrar que tem competência de ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, e, se daqui a pouco, houver a escorregada de alguém, nós somos candidatíssimos, até porque temos infraestrutura, gente competente e reais condições de provar, com o sucesso desse evento, que respondemos à altura, realizando com competência um jogo tão importante da Seleção", afirmou Delcídio.

Numa avaliação otimista, o senador disse que a partida, a primeira depois de 10 anos, vai projetar a Capital "nacionalmente e internacionalmente". "Eu acho que só temos a ganhar com isso. Você já imaginou a glória de ver a Seleção Brasileira, com seus grandes craques, jogando no Morenão ? ", afirmou o senador, que tirou fotos ao lado de jogadores da seleção e do técnico Dunga ontem.

Evasão - "Esse é um evento que o mundo inteiro acompanha. Não se pode escorregar em nada. Eu fui assistir ao jogo do Ivinhema contra o Flamengo pela Copa do Brasil e vi que o Morenão precisa efetivamente de um trabalho intenso para deixá-lo em condições", avaliou.

O senador alertou ainda para o risco de denúncias de evasão de renda na partida, que pode causar prejuízos à imagem de Mato Grosso do Sul.

"Não podemos deixar que isso aconteça, porque depõe contra todo esse espírito de construção de uma cidade em condições de ser sede da Copa de 2014. Devemos reagir indignadamente e agir com bastante rigor em relação a essa questão, para não se perder uma excelente oportunidade de dar uma demonstração ao Brasil e ao mundo que Mato Grosso do Sul está pronto para participar diretamente da realização da Copa do Mundo, recebendo o timaço da seleção que, gradativamente, o Dunga vai consolidando como um dos melhores times para a Copa da África do Sul", alertou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions