A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/06/2011 10:18

Presidente do Operário diz que clube não joga Série B e fala em fundar federação

Fabiano Arruda

O presidente do Operário, Antonio Vieira, afirmou que o clube não vai disputar a Série B no ano que vem. A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) anunciou durante a primeira fase do Estadual a desfiliação do Galo porque a diretoria recorreu à justiça comum para reclamar de irregularidades, o que é proibido.

Vieira voltou a fazer críticas à Federação que, segundo ele, “não provou a desfiliação” e garante que o Operário não recorreu à justiça comum. Para solucionar a insatisfação com a entidade de futebol no Estado, ele falou que pretende fundar a “Federação Pantaneira de Futebol”.

“Vamos fazer um movimento (pela criação) e chamar os clubes porque não tem jeito com a Federação atual. Não há espaço para a FFMS e o Operário”, revelou.

O presidente do clube diz que a equipe não vai disputar a Copa MS, único campeonato em Mato Grosso do Sul no segundo semestre e que dá direito ao campeão disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. “O campeonato amador tem mais credibilidade que a Copa MS”, criticou.

Os jogadores que disputaram o Estadual pelo alvinegro foram dispensados logo após o rebaixamento. Vieira explica que isto é comum, já que os contratos dos atletas são feitos para três meses, tempo de duração do Campeonato Estadual.

“Não temos verba e patrocínio porque o campeonato (Estadual) é deficitário. A falta de calendário da Federação faz com que os clubes não tenham como manter jogador. Patrocínio só vem com campeonato organizado”, declarou.

Fora da Copa MS e sem a pretensão de disputar a Série B no ano que vem, o presidente do Operário aposta na disputa de torneios da categoria de base fora do Estado no decorrer do ano. Além disso, afirmou ir atrás da captação de parcerias para “fortalecer” o clube.

“Os clubes não precisam da Federação. É a Federação que precisa dos clubes. Pagamos taxas e mais taxas durante o ano todo e não temos retorno. Pergunta qual é a premiação em dinheiro para o campeão estadual? Não tem. Então não compensa jogar”, pontua.

Após ser alvo de protestos no feriado, em Campo Grande, Antonio Vieira acusou os manifestantes de serem financiados pelo presidente da Federação, Francisco Cezário. O mandatário da entidade afirmou, no dia, que o presidente do Galo deveria provar as acusações e que só participa dos ritos da federação, como taxa de inscrição, “quem quer”.

Em nota, diretoria do Operário promete processar presidente de torcida
Texto também volta a atacar Federação de Futebol em MSNota divulgada na manhã desta sexta-feira pela diretoria do Operário critica o protesto realiz...
Presidente do Operário diz que manifestantes são financiados por Cezário
Em resposta as acusações e protestos feitos pela torcida Esquadrão Operariano, na manhã desta quinta-feira, na praça Ary Coelho, região central de Ca...
Operário diz desconhecer decisão da FFMS sobre desfiliação
O presidente do Operário, Antonio Vieira, declarou nesta sexta-feira que desconhece e não recebeu documentos sobre a desfiliação do clube da FFMS (Fe...


O futebol do nosso estado esta tão ruim que tem mais gente indo a show de cantores de sertanejo que que indo aos estadios. Não é culpa dos torcedores e sim pelo amadorismo de alguns times, no interior do nosso estado tem times que levam muita gente a assistir, acompalhar os jogos.
 
carlos pereira em 29/06/2011 11:24:09
este time já era ! ta afundado e não sai mais,morreu!acho que ano que vem vai para ´´ C ´´se for jogar ano que vem!
 
gilberto silva em 29/06/2011 11:19:21
Srs O operario infelizmente acabou

NASCEU UM NOVO CLUBE O NOVOPERARIO
NESSEtem gente seria de resposnsabilidade feito de torcedores amantes do futebol e antigos torcedores operarianos que viram que como o clube esta nao tem mais soluçao
Tony fique com o operario....Celso fique com o Nome Operario
Torcida Operariana
ABRACE O NOVOPERARIO
aguardem o lancamento do clube sera um sucesso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Carlos Alberto em 29/06/2011 08:48:08
É muito simples: Nas eleições para a FFMS, ao invés de criar outra federação,, por que os dirigentes descontentes não se unem, para acabar com o monopólio que existe a milhões de anos no futebol de MS? Quem cala consente.
 
Áttila Gomes em 29/06/2011 02:31:56
o Unico problema do Operario é voce Tony, sai fora vai trabalhar honestamente.
e Deixa o Operario com a Torcida esses sim Amam e Valorizam o Clube
Fora Tony...
 
Felipe Lucero em 29/06/2011 02:16:10
tudo bem que a federaçao pode nao ser la essas coisas agora o que o operario quer duas vezes foi rebaixado
 
claudinei braz de lima em 29/06/2011 02:08:19
É CEZÁRIO QUEM NÃO PAGA AS TAXAS NÃO PODE JOGAR, SO JOGA SEM PAGA AS TAXAS OS CLUBES DO SEU ESQUEMA, O PRESIDENTE DO OPERÁRIO NÃO PRECISA PROVA NADA, TODOS AQUI NO BETAVILLE SABE QUE VOCÊ PAGOU PARA O PESSOAL FAZER PORTESTO E AINDA TEM JOGADOR QUE RECEBE DO SR. PARA FAZER CORPO MOLE NO GALO.E TEM MUITA MAIS COISAS .............
 
LUIZ QUEIROZ em 29/06/2011 01:21:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions