A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/09/2014 06:00

Ciclista usam melancias na cabeça

Edivaldo Bitencourt

Melancias - Um grupo de ciclistas vai apelar para uma ação inusitada hoje, na tentativa de mostrar aos motoristas que eles existem no trânsito de Campo Grande. Para chamar a atenção, eles vão usar melancias na cabeça, como capacetes. A ação será no cruzamento da avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho, das 8h às 11h.

De graça, uma ova – Candidato a deputado passou por saia justa ao pedir voto em conjunto residencial. Logo após ele dizer que os moradores deviam gratidão por ter ganho a casa, uma moradora levantou, mostrou o boleto e perguntou se ele ia pagar a prestação. “Falou que ganhei, mas tô pagando”, disse a mulher, para constrangimento geral.

Primeiro turno – Levantamento interno de partidos políticos aponta que a eleição em Mato Grosso do Sul vai terminar no primeiro turno. Até uma pesquisa, em que teriam sido ouvidos 17 mil eleitores, atestou o veredito: o novo governador será escolhido no dia 5 de outubro.

Campeão – Pesquisas internas também apontam que o campeão de votos na disputa de uma vaga na Câmara dos Deputados será o ex-governador e atual vereador por Campo Grande, Zeca do PT. Ele dever superar a quantidade de votos até das campanhas milionárias.

Campeã – Já a disputa por uma das 24 vagas da Assembleia Legislativa terá uma campeã. A vereadora Grazielle Machado (PR) deve ser a mais votada. Londres Machado (PR), que se aposenta do Legislativo após 10 mandatos, conseguiu transferir os votos para a filha.

Tranquila – Pesquisa também aponta que a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) terá uma eleição tranquila para o Senado. Assim como Delcídio do Amaral (PT), que deve vencer no primeiro turno, o levantamento não aponta problemas na eleição da peemedebista.

Confusão - O debate sobre a situação dos taxistas em Campo Grande volta a ser tema de audiência pública na Câmara Municipal de Campo Grande. Na quarta-feira, os vereadores discutem a regulamentação das normas de execução do serviço.

Imobilizado - A greve de técnicos no Hospital Universitário aumentou a dor de cabeça da saúde nos últimos dias. Profissionais do setor dizem que muitos pacientes poderiam ser removidos para a enfermaria, para dar lugar a outros no Pronto Socorro, mas continuam na emergência por falta de funcionários para a transferência.

Sem leitos - Há denúncias até de que até colchões andam sumindo para aumentar o caos e reforçar a pressão pelas reivindicações dos servidores técnico-administrativos do HU. Com a falta de leitos em Campo Grande, tem paciente com pneumonia concluindo o tratamento em posto de saúde.

Sem saída - Segundo denúncia, há paciente desde o dia 17 de setembro esperando em unidade municipal de Saúde a transferência para o Hospital Universitário, que é o local referência em doenças infectocontagiosas.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions