A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/11/2015 07:00

João Amorim manda recado: se for preso, entrega figurões

Edivaldo Bitencourt

Aviso tenebroso - O empreiteiro João Amorim, dono da Proteco, e enrolado até o pescoço em denúncias de corrupção investigadas pela Polícia Federal e Ministério Público, ameaça “figurões”, de pelo menos, dois poderes.

Os alvos - Numa recente reunião entre parlamentares, mandou avisar que se for preso novamente vai contar tudo que sabe. O recado, segundo o mensageiro, tem direção certa: Assembléia Legislativa e Tribunal de Contas.

Arquivo vivo - João Amorim sabe das coisas. Fez muitos favores, financiou campanhas de políticos e foi, nos últimos anos, o maior empreiteiro de obras públicas do Estado. Sua ameaça deixou muita gente de cabelo em pé.

Golpe – A Polícia Federal vai entrar com tudo na licitação do lixo. Enquanto colhe provas para incriminar os envolvidos no suposto esquema bilionário de corrupção, a corporação vai encaminhar relatório à prefeitura para cancelar o contrato com a CG Solurb.

Digitais – A PF constatou digitais de João Amorim na licitação do lixo. Os veículos da LD, empresa do genro do empresário, Luciano Dolzan, também eram da Proteco. A empreiteira também “vendeu” os imóveis colocados como patrimônio da empresa na formação do consórcio.

Eleição – Logo após ser eleito presidente da Câmara Municipal, João Rocha (PSDB) sinalizou que deseja paz com o prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP). Ele destacou que vai procurar o chefe do Executivo para oferecer ajuda.

Desconfiado – No entanto, o prefeito anda desconfiado e até já mirou a metralhadora contra o tucano. Ele destacou que a eleição de Rocha faz parte de nova estratégia para lhe tirar do cargo custe o que custar.

Barraco – A reunião do Conselho Municipal de Saúde teve bate boca e barraco. A confusão envolveu o secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, e um homem, que estava filmando o encontro. Após a discussão, ele destacou que apenas pediu o desligamento do celular, mas não se importava com a filmagem.

Alegoria – Os vereadores não pouparam elogios ao novo presidente da Câmara Municipal. Paulo Siufi (PMDB) disse que a conversa com o tucano “tinha o perfume das flores”. Eduardo Cury (PTdoB) foi mais longe. “Não estamos votando em uma árvore, mas em uma floresta”, comentou.

Apelo – Os vereadores fizeram apelo para que Mario Cesar Oliveira da Fonseca (PMDB) não desista da vida pública. Ele anunciou, no retorno após ficar 91 dias afastado pela Justiça, que não vai tentar a reeleição em 2016.

(colaborou Leonardo Rocha)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions