A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/11/2015 06:00

Julgamento de Olarte só tem data para começar

Edivaldo Bitencourt

Na expectativa – Nesta semana, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anuncia o cronograma de pagamento dos 65 mil funcionários públicos estaduais. Ele pretende definir o pagamento dos salários de novembro, dezembro e 13º.

Drama – Já a situação dos 25 mil servidores municipais de Campo Grande ainda é mais dramática. Além de receber os salários parcelados, eles correm o risco de não receber em dia o abono natalino. Pela lei, o pagamento deve ser feito até o dia 20 de dezembro deste ano.

Experiência – O governador Reinaldo Azambuja lembrou-se, com saudosismo, quando era prefeito de Maracaju e ainda não tinha cabelos brancos. Ele contou que hoje tem muito cabelo branco. No entanto, frisou que participar da vida pública não tem preço.

Excelência – A professora Vera Luiza, da Escola Estadual Alice Nunes Sampieri, destacou, durante a premiação da redação pelo Tribunal Regional Eleitoral, que é difícil falar de educação. No entanto, a prova de que o sistema estadual é de qualidade, foi a conquista do prêmio na redação concedido pela Justiça Eleitoral.

Veto – O prefeito Alcides Bernal (PP) vetou o projeto de lei que reduziu o índice do ISS (Imposto Sobre Serviço) para a CCR MS Via. A proposta era reduzir de 5% para 4,5% na base do pedágio de Anhanduí, a quase 40 quilômetros da Capital.

Extra – A Prefeitura de Campo Grande mantém o costume de publicar edições extras do Diogrande (Diário Oficial do Município). Ontem, a edição extraordinária trouxe a relação das 272 famílias selecionadas para o programa Minha Casa, Minha Vida.

Buracos – Os buracos continuam causando transtornos e até risco de vida aos moradores de Campo Grande. A operação tapa-buracos segue em ritmo lento e quase parando. Moradores estão indignados com os critérios para o serviço, já que vias movimentadas, como a Avenida Ernesto Geisel ainda não receberam nenhuma equipe da operação.

Guerrilha – Os defensores do secretário municipal de Governo, Paulo Pedra, mantêm a ofensiva para defendê-lo em todas as redes sociais. No vale tudo, até matéria de 2010 foi ressuscitada para atacar adversários do vereador cassado por compra de votos.

Julgamento – O Tribunal de Justiça começa a se organizar para realizar um julgamento inédito: o do prefeito de Campo Grande. Como não houve evento semelhante, o órgão não tem como estimar a duração da audiência de instrução e julgamento do prefeito afastado Gilmar Olarte (PP).

Longo – A princípio, a sentença do caso não deve sair neste ano. O desembargador Luiz Cláudio Bonassini da Silva, marcou, a pedido, para a vice-governadora Rose Modesto, ser ouvida em 22 de janeiro de 2016. Inicialmente, ela solicitou, já quem o direito de marcar o dia e o local, no dia 30 deste mês na Secretaria Estadual de Assistência Social. Em resumo, a sentença do caso só deverá sair após o Carnaval.

(colaboraram Leonardo Rocha e Michel Faustino)

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions