A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/07/2018 06:00

Marquinhos e o pedido a vereadores candidatos

Marta Ferreira

Por favor – Além de conversar com os vereadores sobre um novo decreto regulamentando o transporte por aplicativo em Campo Grande, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que na ida à Câmara, pediu aos parlamentares que “saibam diferenciar” campanha eleitoral e o trabalho pela cidade. O recado é para mais da metade do Legislativo, que vai tentar uma vaga de deputado estadual ou federal em outubro.

Obrigada – O prefeito agradeceu o empenho da Câmara até agora. Depois, comentou que é por respeito aos vereadores que foi até eles conversar sobre o novo decreto regulamentando a chamada “carona paga”. Em tese, a prefeitura poderia definir as regras sem consulta aos parlamentares.

Otimista – Marquinhos diz que está bastante otimista em colocar a “cidade nos trilhos” no segundo semestre, depois de enfrentar cenário de crise desde que assumiu. Por isso, observa, precisa dos vereadores para os planos andarem.

Emotivo – Por falar em vereadores, André Salineiro (PSDB), tem se classificado como o “chorão” da Casa. Na semana passada, segundo ele, as lágrimas vieram durante homenagem Agostinho Gonçalves Mota, ex-combatente da Segunda Guerra Mundial. O tucano, que em ocasião anterior provocou polêmica ao defender tratamento duro a índios, é pré-candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Não me deixem só - Com tantos vereadores querendo sair candidatos, João César Mattogrosso (PSDB) até brinca que pode ficar sozinho na Câmara Municipal. Isso porque, contando ele, somente 9 dos 29 vereadores não pretendem se candidatar esse ano.

Chance – Dirigentes da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), querem aproveitar o segundo semestre, com a bancada federal em plena campanha eleitoral, para tentar assegurar pleitos das cidades. A orientação vem da entidade nacional que reúne os chefes dos executivos municipais.

Reunião – A entidade de MS participou nesta terça de encontro em Brasília organizado pela CNM (Confederação Nacional de Municípios), representada pelo vice-presidente Rogério Rosalin, prefeito de Figueirão. Além da aprovação de matérias de interesse local, os prefeitos tentam, também, assegurar a liberação de verbas do Fundo de Participação dos Municípios.

À espera – A reinvidicação é de um valor total de R$ 4 bilhões, dos quais R$ 59 milhões viriam para MS. O problema é que a questão este emperrada no STF (Supremo Tribunal Federal), que ainda não decidiu sobre a redistribuição dos recursos arrecadados com a exploração dos royalties de petróleo, suspensa por decisão monocrática da Corte.

Tô fora – Responsável por protocolar a denúncia que deu início ao processo de cassação de Alcides Bernal (Progressistas) na Câmara e candidato a prefeito pelo Pros em 2016, o advogado Luís Pedro Gomes Guimarães deixou de lado as disputas eleitorais. Fora da militância partidária, afirma ser melhor defender as pessoas no campo jurídico a encampar um projeto desgastante.

Análise – “No atual quadro do país hoje, toda a pessoa que disputa um mandato paga um preço muito alto. É uma fase que prefiro observar e não participar”, disse Luís Pedro, que também já integrou o PP. Em 2016, já com a campanha em andamento, ele desistiu da disputa insatisfeito com o “jogo sujo” e “baixarias” de concorrentes, conforme disse à época ao Campo Grande News.

(Com Mayara Bueno, Kleber Clajus e Humberto Marques)

 

 

Dois anos após "febre", Uber perde motoristas
Debandada – Quase dois anos depois de chegar a Campo Grande, e depois de muita polêmica, a plataforma de transporte por aplicativo mais conhecida, a ...
Cristhiano Luna é o nosso Lula
Livre - Um dos crimes de maior repercussão em Campo Grande teve novo capítulo na semana passada. O STF concedeu liminar e soltou Cristhiano Luna, ass...
Marquinhos sugere paciência com rotatória
Comparações – O prefeito Marquinhos Trad (PSD) comparou o período de adaptação de motoristas aos semáforos na rotatória da Gury Marques com Interlago...
Campanha coloca legislativo em ritmo lento
Recesso branco? – É comum em época de campanha eleitoral que os trabalhos no legislativo desacelerem. Na Assembleia Legislativa, com quase todo mundo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions