A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/09/2014 06:00

Nova pesquisa pode acabar com a dúvida sobre segundo turno

Edivaldo Bitencourt

Impasse – O prefeito Gilmar Olarte (PP) não conseguiu sensibilizar os professores sobre a difícil situação da Prefeitura de Campo Grande. Ele mantém a proposta de escalonar o reajuste de 8,46%, mas os docentes querem receber tudo à vista, como está previsto na lei aprovada em 2012.

Despistar – Assessores do prefeito fizeram de tudo para despistar a imprensa sobre a reunião entre Olarte e a diretoria da ACP (sindicato dos professores). Inicialmente, eles informaram que o encontro tinha sido suspenso. Depois confirmaram o encontro no Paço, mas a reunião ocorreu no gabinete da Esplanada.

Data – Apesar da crise financeira, Olarte anunciou, ontem, que só vai começar a cortar os cargos comissionados em outubro. Ele começa, oficialmente, a reduzir o número de comissionados no dia 1º.

Na corda bamba – Dois secretários continuam como interinos na administração municipal. Ontem, Olarte admitiu que estuda, ainda, substituir a titular da Secretaria Municipal de Obras, Kátia Castilho, e da Secretaria de Meio Ambiente, João Alberto Borges.

Reforma – Com seis meses no cargo, o prefeito já se movimenta para promover a primeira reforma no primeiro escalão. O único cotado para assumir um cargo é o braço direito de Olarte, Cezar Afonso, que até se converteu e batizou na igreja do chefe do Executivo.

Participação – Praticamente alheio à campanha eleitoral, o governador André Puccinelli (PMDB) apareceu no horário eleitoral. Ele pediu votos para duas candidatas a deputada federal: Carla Stephanini e Eloir, ambas do PMDB.

Ilustre – A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci de Oliveira, vem à Capital para receber o título de visitante ilustre. A homenagem será entregue pelo presidente do legislativo, Mario Cesar (PMDB) e foi proposta por Carla Stephanini. A entrega acontece a partir das 9h.

Onda de boas – O ex-governador e vereador Zeca do PT está em uma onda de boas notícias. Após pesquisa indicá-lo como o mais votado para a Câmara dos Deputados, ele se livrou na Justiça das ações criminais no escândalo da publicidade. O petista ainda é alvo de ações de improbidade administrativa.

Debate – Nesta quarta-feira, a partir das 9h, os candidatos a governador tem mais um confronto. Eles participam do debate promovido pela Fetems. Na sexta-feira, acontece o da TV Guanandi e SBT MS. O último será o debate da TV Morena. As denúncias de corrupção devem marcar os confrontos.

Pesquisa – Se não for proibida pela Justiça, a pesquisa do Ibope promete por fim às dúvidas sobre a possibilidade de segundo turno nas eleições de Mato Grosso do Sul. O levantamento será divulgado na sexta-feira pela TV Morena.

(colaborou Leonardo Rocha)

 

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions