A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/11/2017 07:00

Mostra de cinema italiano começa hoje no MIS com entrada gratuita

Serão exibidos os filmes “Amarcord”, “Vermelho Como o Céu” e “A Espera”

Lucas Arruda
Filme A Espera encerrá a mostra na sexta-feira (Foto: Divulgação)Filme "A Espera" encerrá a mostra na sexta-feira (Foto: Divulgação)

Com exibições gratuitas, sempre às 19h, começa hoje (22) a Mostra de Cinema Italiano no MIS (Museu da Imagem e do Som). As sessões tem curadoria de Pietro Luigi e seguem até sexta-feira (24).

Os longas “Amarcord”, de Federico Felini, “Vermelho Como o Céu”, de Cristiano Bortone, e “A Espera”, de Piero Mesina, foram escolhidos para serem exibidos. Os três diretores, cada um com sua estética, são importantes nomes da cinematografia italiana.

Os filmes abordam diferentes panoramas do cinema italiano e atestam, mesmo sendo de diferentes períodos, o reconhecido padrão de qualidade artística. A mostra é uma boa oportunidade de conhecer um pouco mais das produções nem sempre muito conhecidas do grande público, mas de grande apelo cultural.

O Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, 3º andar, Centro.

Confira a programação:

Quarta (22 de novembro) – Amarcord – Através dos olhos de Titta (Bruno Zanin), um garoto impressionável, o diretor dá uma olhada na vida familiar, religião, educação e política dos anos 30, quando o fascismo era a ordem dominante. Entre os personagens estão o pai e a mãe de Titta, que estão constantemente batalhando para viver, além de um padre que escuta confissões só para dar asas à sua imaginação anti-convencional. Direção: Federico Felini. 1973. Comédia Dramática.

Quinta (23 de novembro) – Rosso come iul cielo (Vermelho como o céu) –Anos 70. Mirco (Luca Capriotti) é um garoto toscano de 10 anos que é apaixonado pelo cinema. Entretanto, após um acidente, ele perde a visão. Rejeitado pela escola pública, que não o considera uma criança normal, ele é enviado a um instituto de deficientes visuais em Gênova. Lá descobre um velho gravador, com o qual passa a criar estórias sonoras. Direção: Cristiano Bortone. 2004‧ Drama.

Sexta (24 de novembro) – L’attesa (A Espera) – Anna vive sozinha no interior da Sicília e recebe a namorada do filho, Jeanne, enquanto ele está fora de casa. Os dias passam e as duas mulheres aproveitam para se conhecer melhor, e juntas esperam por Giuseppe, que promete voltar na Páscoa. Direção: Piero Messina. 2015. Drama.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.