ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  25    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

Após 30 anos, professora ganha despedida emocionante em universidade

Ex-alunos fizeram festa surpresa e até um outdoor em agradecimento à professora Eliane

Por Thailla Torres | 26/04/2017 06:02
Após 30 anos de profissão, Eliane foi homenageada na noite de terça-feira com muito amor e carinho.
(Foto: Thailla Torres)
Após 30 anos de profissão, Eliane foi homenageada na noite de terça-feira com muito amor e carinho. (Foto: Thailla Torres)

A paixão que Eliane tem pela sala de aula sempre conduziu os alunos a um carinho eterno pela professora. Para retribuir anos de dedicação à universidade, a noite de terça-feira foi marcada com uma homenagem por ex-alunos do curso de Pedagogia e mestrado da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

No anfiteatro da universidade, amigos, professores e familiares emocionaram os convidados ao aparecem cantando parabéns pelo aniversário da professora Eliane Greice Davanço Nogueira, de 58 anos, comemorado na última segunda-feira. A noite também serviu de agradecimento pelos 30 anos dedicados à educação.

Psicóloga, pedagoga e doutora em Educação, Eliane espera pela aposentadoria em casa. Atualmente, permanece apenas no grupo de pesquisa do mestrado, desenvolvido por ela, dentro da universidade.

A comemoração começou na porta da sala de aula. (Foto: Thailla Torres)
A comemoração começou na porta da sala de aula. (Foto: Thailla Torres)

Em seu aniversário, todo ano alunos fazem uma surpresa diferente. Na semana passada, um outdoor foi colocado na avenida Euler de Azevedo em sua homenagem. 

A comemoração de ontem à noite foi organizada há um mês por ex-acadêmicos do curso de Pedagogia das turmas de 2008 a 2017, além de estudantes do mestrado. Com apoio da família e amigos de Eliane, veio a surpresa com a presença da Banda Municipal tocando "Como é grande o meu amor por você", de Roberto Carlos, seguida de "Aquarela", de Toquinho, uma das canções preferidas da professora.

Sentada de frente para a plateia, ela escutou atenta e emocionada a todos os discursos. Recebeu abraço, carinho e muitos agradecimentos. A introdução dos ex-alunos, explicando o motivo da presença de tanta gente naquele momento, arrancou lágrimas da homenageada.

No palco, uma das convidadas tinha carga extra de emoção. Rosaura Soligo, professora e amiga há 40 anos de Eliane, não poupou elogios. "Eu tenho o maior orgulho do mundo pela amiga e seu compromisso com a educação. Você esteve comigo em todos os momentos da minha vida", agradeceu Rosaura.

Professora e ex-aluna de Eliane, Lindalva Sousa, nem precisou do papel para recordar como a professora transformou sua vida. "Você tem o poder de empoderar os alunos. Impossível não ser grata à senhora por tudo. Me ensinou a acreditar em mim, mostrou um caminho onde eu não exergava que era capaz de tanto", declarou.

O abraço da professora e melhor amiga, Rosaura.
(Foto: Thailla Torres)
O abraço da professora e melhor amiga, Rosaura. (Foto: Thailla Torres)

A maneira como Eliane sempre educou, foi decisiva para tanta admiração, ressalta a mestre em educação e doutoranda da UFMS, Sandra Novais, uma das organizadoras da homenagem. "O que Eliane sempre teve foi uma coerência entre o discurso que ela dava em sala de aula e o que ela realmente vive. Tudo que ela nos ensinou foi muito verdadeiro, mas sempre carregado de amor e humanidade. Ela é um exemplo de profissional que usa o cargo que tem para produzir conhecimento", declara.

No discurso, a voz quase faltou, mas Eliane agradeceu com todo carinho. Bastante emocionada, ela diz que não sabe explicar o motivo de tanta admiração. "Ainda mantenho na minha vida aquele frescor de quando eu comecei. Não tenho em mim o domínio de tudo, mas o privilégio de me surpreender com o aluno. Tenho uma relação de escuta e adoro ouvir o que eles tem a me dizer sobre tudo", explica Eliane.

A professora, que nunca havia pensado em dar aula, só percebem a vontade durante atuação como psicóloga no interior de Mato Grosso do Sul. Ali, recebeu o convite para lecionar no magistério. "Foi paixão à primeira vista. E a relação que mantenho com meus alunos é uma marca que mantenho até hoje. Como sou na vida, sou em sala de aula. Não há como ser diferente".

Levada por ex-alunos e amigos até o anfiteatro da UEMS.
Levada por ex-alunos e amigos até o anfiteatro da UEMS.

Depois de receber tantas homenagens, ela resume sobre os alunos. "Eles são incansáveis e incríveis a todo momento", diz.

O trabalho de Eliane é sempre acompanhado de emoção e intimidade com a garra do aluno. "Quando entro em sala, não é só a profissional, entra junto uma pessoa. Me emociono, defendo e tenho um compromisso enorme, porque acredito que a educação é a grande porta aberta para que esse aluno possa ampliar o olhar dele. Só assim ele sai daqui enriquecido pelo ambiente educacional".

Com afeto, respeito e muito profissionalismo, Eliane formou professores e conseguiu amigos para vida toda. "Sempre tive comigo que conhecimento não rima com dor. Rima com sentido, prazer e é isso que tento despertar nesse aluno. É tudo que eu mantenho com qualquer outro ser humano. Por isso ficou muito feliz de tantos egressos que tornaram-se amigos. Isso me toca muito e então acredito que nada vai acabar, estamos apensas reformulando", declara a professora.

Curta o Lado B no Facebook.

Outdoor na avenida Euler de Azevedo foi homenagem dos alunos à professora. (Foto: Arquivo Pessoal)
Outdoor na avenida Euler de Azevedo foi homenagem dos alunos à professora. (Foto: Arquivo Pessoal)