A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

03/01/2020 07:45

Malandro, Carlinhos é o gato que enganou duas famílias para ganhar ração

Ele vivia com a primeira dona até que passeando pelo bairro Coophafé viu um pote de ração na casa do vizinho e decidiu ficar

Alana Portela
Carlinhos é o gato que manteve uma vida dupla para comer ração (Foto: Arquivo pessoal)Carlinhos é o gato que manteve uma vida dupla para comer ração (Foto: Arquivo pessoal)

A Rede Globo não sabe o ator talentoso que está perdendo. Carlinhos é um gato nas cores branca e alaranjada, de olhos claros e faz “caras e bocas” como ninguém. Com seu jeitinho manso de ser, ele conquistou as duas famílias com quem morava. Por seis meses, o bichano conseguiu manter a vida dupla em segredo, em Campo Grande.

Com carinha de galã, bigodes feitos e dentinhos brancos, o gato conquistou o coração da primeira dona Ana Luiza de Lima e do segundo pai, Gustavo Amorim de Deus. Ora Pitt ora Carlinhos, o bichano foi o protagonista da sua própria novela, atuando como o “rei do pedaço”. O “duas caras” só foi desmascarado após a tutora o vê-lo bem tranquilo na casa do vizinho.

Carlinhos antes era o Pitt, que está ao lado do irmão gêmeo Brad (Foto: Arquivo pessoal)Carlinhos antes era o Pitt, que está ao lado do irmão gêmeo Brad (Foto: Arquivo pessoal)
O gatinho ao lado da primeira dona, Ana Luiza de Lima (Foto: Arquivo pessoal)O gatinho ao lado da primeira dona, Ana Luiza de Lima (Foto: Arquivo pessoal)
Carlinhos não resistiu ao pote de ração e ganhou novo lar (Foto: Marcos Maluf)Carlinhos não resistiu ao pote de ração e ganhou novo lar (Foto: Marcos Maluf)
Bilhete perguntando se o Carlinhos tinha dono antes de ser adotado novamente (Foto: Arquivo pessoal)Bilhete perguntando se o Carlinhos tinha dono antes de ser adotado novamente (Foto: Arquivo pessoal)
Carlinhos é folgado e gosta de deitar perto da televisão (Foto: Arquivo pessoal)Carlinhos é folgado e gosta de deitar perto da televisão (Foto: Arquivo pessoal)

“No começo do ano passado ele sumiu, voltava de vez em quando pra casa até que um dia, andando na rua de trás, o vi na varanda do vizinho”, lembra. O bichano estava sentado ao lado de Gustavo e ao ver a Ana, se fez de desentendido e fingiu que não a conhecia. “Não respondia quando o chamava. Foi aí que percebi que tinha me trocado”, completa.

Ela contou para Gustavo que o nome de batismo do gato era Pitt e que tinha o adotado junto com seu irmãozinho, Brad. “Eram gêmeos, mas um gato acabou matando o irmão dele então adotei outro que deu cria, acho que o Pitt não curtiu”, relata.

Aos 35 anos, Ana é fotógrafa e apaixonada por gatos, hoje tem seis em seu apartamento. Ao ver que Pitt estava sendo bem cuidado e até tinha ganhado outro nome, ficou mais tranquila, deixou o bichano ficar com o vizinho, mas sempre que pode dá uma passada na casa para ver como o neném está.

O gato foi adotado pela segunda vez e agora recebe o carinho de Gustavo Amorim de Deus (Foto: Marcos Maluf)O gato foi adotado pela segunda vez e agora recebe o carinho de Gustavo Amorim de Deus (Foto: Marcos Maluf)

“Aqui ele está comendo até carne. Já no primeiro dia foi entrando e dormiu na cama”, garante Gustavo. “Coloquei uma coleira nele com um recado, ninguém respondeu e resolvi adotá-lo”, conta. No bilhete, ele perguntava “Você é dono desse gato? Se não for, nós vamos pegar nós (e castrá-lo)”. Sem resposta, o vizinho levou Carlinhos até o veterinário para ser castrado.

“Lá soube que já era castrado e foi aí que pensei que o Carlinhos poderia mesmo ter outro dono”, diz. “Está comigo há seis meses e é bem ‘entrão’. Como tenho vários gatos, viraram amigos e quando vi já estava deitado em cima da mesa da sala, assim foi ganhando terreno e ficou”, diz.

Gustavo é jornalista e também sempre gostou de animais. Na varanda da casa onde mora, costuma deixar um comedouro com ração para os gatos de rua possam comer. Já adotou seis gatos e mais um cachorro.

O bichano recebe o carinho a todo momento (Foto: Marcos Maluf)O bichano recebe o carinho a todo momento (Foto: Marcos Maluf)

“Sempre gostei de animais, quando era criança tive dois cachorros que faleceram. Na época não quis mais ter porque não queria sofrer, mas minha irmã trouxe dois gatos pra casa, que hoje está com dez anos e a partir daí foi aumentando”.

Agora, após ser desmascarado, o que não falta para Carlinhos é amor. Apesar de ter escolhido viver na casa de Gustavo, o bichano recebe a visita de Ana para matar a saudade. Tem quatro aninhos e ganhou ainda outros seis irmãos, entre gatos e cão.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

O gatinho é esperto e fica de olho na ração que Gustavo coloca no comedouro (Foto: Marcos Maluf)O gatinho é esperto e fica de olho na ração que Gustavo coloca no comedouro (Foto: Marcos Maluf)
Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.