A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Junho de 2019

24/05/2019 09:25

Clarisse herdou arte de amigas e hoje é conhecida por recuperar peças

Com muito cuidado, artesã é especialista em peças em gesso, cerâmica e madeira

Danielle Valentim
(Foto: Marina Pacheco)(Foto: Marina Pacheco)
Um dos trabalhos de Clarisse. Peça toda quebrada. (Foto: Reprodução/Instagram)Um dos trabalhos de Clarisse. Peça toda quebrada. (Foto: Reprodução/Instagram)

Chegar ao ateliê da artesã Clarisse Salva, de 61 anos, é certeza de vê-la com a mão na massa criando uma peça decorativa ou restaurando algo com valor afetivo para os clientes. A arte de renovar objetos entrou por acaso na vida da artista, mas a paixão foi tanta que já se estende por duas décadas.

Num espaço aconchegante e recheado dos mais diversos ornamentos, Clarisse está no mesmo ponto há 17 anos. Com sorrido tímido, olhos detalhistas e toque refinado para resgatar a alma dos enfeites, a artista garante que “restaurar é sua vida”.

No espaço sobre esquina na Rua José Antônio com a Sete de Setembro, o que mais se restaura são peças em gesso, cerâmica e madeira. A arte foi repassa por amigas que trabalhavam em sociedade com Clarisse. A parceria chegou ao fim, mas o ofício resistiu.

“A gente abriu a loja e eu não sabia fazer nada. Minhas amigas foram me ensinando. Eu ajudava as duas no início e só depois fui me profissionalizar mesmo”, conta.

Artesã explica como restaurou mão da escultura. (Foto: Marina Pacheco)Artesã explica como restaurou mão da escultura. (Foto: Marina Pacheco)
Trabalhos de Clarisse. (Foto: Marina Pacheco)Trabalhos de Clarisse. (Foto: Marina Pacheco)

Clarisse é famosa entre os clientes por conseguir retoques minimalistas como a restauração das mãos de santas ou pequenas esculturas de Jesus Cristo. Em toda a carreira, Clarisse não sabe dizer qual foi mais trabalhosa, mas admite que um recente pedido de restauração de um São Francisco “deu trabalho”.

Os trabalhos funcionam com prazo para entrega, os mais longos chegam durar uma semana. “Eu vejo como está minha agenda e quanto tempo vou levar para finalizar e combino com o cliente quando ele poderá buscar”, conta.

Galões de leite no alumínio e um baú de madeira maciça são os próximos trabalhos de restauração e customização. Os reservatórios do líquido serão pintados e o baú terá os adesivos removidos e ganhará uma nova arte feita por Clarisse. Os trabalhos devem durar cerca de sete dias.

Galões receberão cores e artes de Clarisse. (Foto: Marina Pacheco)Galões receberão cores e artes de Clarisse. (Foto: Marina Pacheco)
Baú será restaurado a pedido. (Foto: Marina Pacheco)Baú será restaurado a pedido. (Foto: Marina Pacheco)

São tantas coisas à mostra que os olhos se perdem. Mas o ateliê é um mar de opções para presentes com valores a partir de R$ 5. O espaço também recebe encomendas, inclusive para lembrancinhas de festas. O Arte & Cores também vende esculturas cruas para quem deseja produzir e pintar, a partir de 12. Um Espírito Santo de madeira feito à mão é a peça mais cara da loja por R$ 640.

O trabalho não para desde a abertura da loja ao fim do dia, mas Clarisse garante que trabalhar com isso faz parte da sua vida. “É meu trabalho, é o que eu gosto de fazer”, finaliza.

Arte & Cores fica na José Antônio, 631, Centro.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

 

Peça decorativa por R$ 5. (Foto: Marina Pacheco)Peça decorativa por R$ 5. (Foto: Marina Pacheco)
Peça mais cara do ateliê a R$ 640. (Foto: Marina Pacheco)Peça mais cara do ateliê a R$ 640. (Foto: Marina Pacheco)

Confira galeria de fotos do ateliê e trabalhos de Clarisse.




imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.