A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/12/2017 19:12

Corumbá terá R$ 900 mil para organizar Carnaval de rua em 2018

Nyelder Rodrigues

Corumbá contará com R$ 900 mil para realizar o Carnaval de escolas de samba, blocos e cordões de 2018. A liberação da verba foi anunciada pela prefeitura da cidade, localizada a 419 km de Campo Grande, e deve ser feita até 26 de janeiro, dividida em três parcelas. Desse valor, o repasse de R$ 350 mil já foram garantidos.

A avenida General Rondon vai receber a festa entre os dias 8 e 13 de fevereiro, com a escola Major Gama fazendo o abre alas no domingo, seguida da atual vice-campeão Mocidade da Nova Corumbá. Depois, é a vez, nessa ordem, de A Pesada, Imperatriz Corumbaense e Caprichosos de Corumbá.

Já na segunda-feira, desfilam Estação Primeira do Pantanal, Marquês de Sapucaí, Vila Mamona, que se consagrou campeão neste ano, Acadêmicos do Pantanal e Império do Morro. O desfile dos 11 blocos oficiais acontecerá no sábado, e dos cordões, na terça-feira.
Como não houve rebaixamento em 2017, dez agremiações disputam em grupo único em 2018.

A Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba) ainda definiu que o tempo do desfile cairá de uma hora e 20 minutos para uma hora e 15 minutos, enquanto o mínimo de componentes ficou fixado em 600 pessoas, sendo 70 na bateria.

Divisão - As escolas de samba vão receber R$ 600 mil de apoio financeiro da prefeitura, enquanto os blocos ficarão com R$ 220 mil e os cordões com R$ 80 mil. O primeiro repasse já garantido pelo prefeito Marcelo Iunes, de R$ 350 mil, será liberado no dia 8 de dezembro.

"Temos buscado apoio do setor privado para que o carnaval continue crescendo e se profissionalizando, mas nossos empresários não se manifestam", reclamou Iunes ao fazer o anuncio da verba para o Carnaval. "Esperamos contar agora com o apoio financeiro do Estado", completa.

Retorno - Segundo Iunes, o dinheiro gasto no carnaval, apesar de ocorrer em plena crise financeira, é um investimento da prefeitura, já que o evento gera retorno ao município em impostos e gira a economia local com a presença de milhares de turistas, além de emprego e renda.

A movimentação financeira, de acordo com dados estimados pela prefeitura, chega a R$ 12 milhões neste período. Os organizadores do Carnaval preveem que serão gastos R$ 4 milhões na montagem do próximo Carnaval, incluindo infraestrutura, shows e apoio às agremiações.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.