A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/11/2017 10:25

Encare desafios em labirintos cheios de ameaças em Heroes of the Monkey Tavern

Ricardo Syozi
Encare desafios em labirintos cheios de ameaças em Heroes of the Monkey Tavern

Tempos atrás tínhamos nos computadores dezenas de games bem desafiadores, títulos que exigiam do jogador muito mais do que apenas apertar botões, éramos obrigados a fazer uso de papel e caneta para nos aprofundar dentro de labirintos e explorá-los.

Nos consoles de gerações passadas, esta prática não era muito comum, pois muitos desenvolvedores acreditavam que o gênero “dungeon crawler” era mais propício para os PCs. Títulos como Dungeon Master e Eye of the Beholder (o segundo dando as caras em consoles) ofereceram muita diversão para os fãs mais apaixonados pelo estilo, e agora temos Heroes of the Monkey Tavern sendo lançado para o Nintendo Switch que tenta introduzir um novo grupo de pessoas para este tão sensacional gênero.

Previamente lançado para Steam e PS4 em março deste ano, mas só agora em novembro dando as caras para o sistema da Nintendo, o título traz o que é esperado de um “dungeon crawler”: exploração de andares em um labirinto cheio de inimigos e ameaças como armadilhas e enigmas. Escolhemos um time de quatro guerreiros clássicos do RPG como guerreiros, clérigos, bárbaros, magos etc, a visão é toda em primeira pessoa, onde cada passo nos coloca mais perto de nossa vitória ou de nossa própria ruína.

O mapa vai se formando conforme caminhamos, dando uma sensação interessante de progressão. As batalhas ocorrem ao nos depararmos com nossos inimigos que vão desde cobras a guerreiros de armadura e de vez em quando um chefe. Os itens são escassos, aumentando a dificuldade que já é elevada, e por fim, há a opção de salvar seu progresso a qualquer momento, único ponto que facilita a vida do jogador.

Tirando o fato de que podemos jogar em modo portátil no Switch, ele é em si o mesmo game das outras versões. Com isso, os mesmos defeitos também surgem. A apresentação é fraca e sem graça, os menus possuem cores parecidas, o que atrapalha a já confusa navegação, em especial nos momentos de tensão contra inimigos poderosos.

As músicas são interessantes, um dos pontos altos, há até a opção de escolher qual faixa queremos ouvir nas opções e em qualquer momento da aventura. O manuseamento de itens poderia ser mais prático, mas após um tempo é possível se acostumar. No geral, o jogador só precisa passar um tempo explorando os labirintos e sacando as charadas para se sentir cada vez mais em casa em Heroes of the Monkey Tavern.

Não há muitos games parecidos com este no eShop do Nintendo Switch. Para qualquer novato no gênero, ele pode assustar inicialmente, mas para quem já conhece os muitos labirintos nos games, este será só mais um a oferecer a mesma experiência. Com certeza não é uma aventura para os desavisados, porém pode ser extremamente viciante para aquele que investir tempo na jogatina.

Conheça o Vídeo Game Data Base, o museu virtual brasileiro dos videogames.

*Análise feita com código do game oferecido pela produtora.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.