ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 26º

Lado Rural

Embrapa vai distribuir 10 mil doses de sêmen bovino para melhorar rebanho de MS

Termo de cooperação técnica vai beneficiar criadores de novilho precoce e de orgânicos no Pantanal

Por José Roberto dos Santos | 25/09/2023 16:16
Secretário executivo da Semadesc, Rogério Beretta, assina termo de cooperação com a Embrapa, Sebrae, Famasul, ASPNP e ABPO. (Foto: Divulgação/Geliel Oliveira)
Secretário executivo da Semadesc, Rogério Beretta, assina termo de cooperação com a Embrapa, Sebrae, Famasul, ASPNP e ABPO. (Foto: Divulgação/Geliel Oliveira)

Nesta segunda-feira, 25, foi assinado um termo de cooperação técnica na sede da Associação Novilho Precoce de Mato Grosso do Sul. A mediação desse acordo foi realizada pelo Governo do Estado, por meio da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), e envolveu parcerias com a Embrapa e SEBRAE MS.

O objetivo dessa parceria é a doação de doses do banco de sêmen de reprodutores que fazem parte de programas de pesquisa e desenvolvimento genético, como o Embrapa Geneplus. O presidente da Novilho Precoce MS, Rafael Gratão, mencionou que a Embrapa se aproximou da associação para disponibilizar seu banco de sêmen, que contém informações genéticas valiosas. “Eles planejam doar 5 mil doses aos associados da Novilho Precoce”.

A parceria, coordenada pelo pesquisador da Embrapa, Eriklis Nogueira, disponibilizará um total de 10 mil doses, divididas entre os produtores associados à Novilho Precoce MS e à Associação Pantaneira de Pecuária Orgânica e Sustentável (ABPO). “Esses animais têm uma carga genética significativa e são altamente avaliados”, disse Eriklis.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado, Rogério Beretta, ressaltou a importância dessa colaboração para o desenvolvimento da pecuária no Mato Grosso do Sul, que tem como desafio atual o impacto de culturas como eucalipto que age fortemente em áreas de pecuária que não tinham tanta adoção de tecnologia.

“A Embrapa com esse olhar de fazer a transferência de tecnologia e a Secretaria com esse objetivo de fazer o alinhamento institucional e tendo parceiros tão importantes e entidades como Famasul, SENAR, e as Associações envolvidas, eu tenho certeza que vai sim colaborar e muito para o desenvolvimento e manutenção da atividade no MS”, ressalta Beretta.

Acesso à tecnologias de reprodução

Além disso, a Novilho Precoce MS firmou parceria com o SEBRAE MS para oferecer aos associados serviços relacionados à inseminação, incluindo protocolos de IATF, fertilização In vitro e ultrassom de carcaça, com 70% do custo coberto pela parceria. Esses serviços estão disponíveis para produtores com faturamento bruto anual de até 4 milhões e 800 mil reais, por meio do programa SEBRAETEC.

Nos siga no Google Notícias