ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 24º

Meio Ambiente

Chuva com ventos de 54 km/h deixou 4,5 mil moradores sem luz em Campo Grande

Em nota, a Energisa disse que aumentou em três vezes o número de equipes em campo

Por Viviane Oliveira | 29/10/2020 11:27
Ruas do Centro de Campo Grande e de bairros da periferia ficaram alagadas (Foto: Henrique Kawaminami) 
Ruas do Centro de Campo Grande e de bairros da periferia ficaram alagadas (Foto: Henrique Kawaminami)

A chuva de 56 mm (milímetros) com ventos de 54 km/h na madrugada desta quinta-feira (29) deixou 4,5 mil moradores sem luz em Campo Grande. Segundo a Energisa (concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica), foram registradas mais de 25,5 mil quedas de raios, causando diversos danos à rede de distribuição de energia.

Ainda conforme a empresa, a intensidade dos ventos provocou a queda de árvores e galhos, derrubou postes e lançou objetos sobre a rede elétrica, ocasionando o rompimento de cabos. Os bairros mais atingidos foram: Jardim Batistão, Guanandi, Parque Novos Estados, Parque Residencial União, Pioneiros, Vila Piratininga, Vila Jacy, Jardim Centenário, Jardim Seminário, Nova Lima, Maria Aparecida Pedrossian, Rita Vieira, Santo Amaro, Universitário, Vila Albuquerque, Vila popular e Vila Taveirópolis.

Em nota, a Energisa disse que aumentou em três vezes o número de equipes em campo, que trabalham de forma ininterrupta, ao longo de todo o dia.  O volume de serviços aumentou em 100%, se comparado a um período normal. Além da Capital, também houve danos em várias cidades do Estado. Os municípios mais atingidos pela tempestade foram: Maracaju, Jardim, Aquidauana, Porto Murtinho, Bela Vista, Caracol, Nioaque, Jardim, Ponta Porã, Dourados e Sidrolândia. De janeiro até agora, conforme a Energisa, foram registradas 21.720 mil descargas atmosféricas em Mato Grosso do Sul.

A concessionária informou que monitora em tempo real as tempestades, as chuvas intensas com rajadas de vento, o que possibilita às distribuidoras mobilizar as equipes com antecedência para atender à população o mais rápido possível.

Orientações: Em caso de tempestades, a população deve ficar atenta a cuidados importantes: retire todos os aparelhos eletrônicos das tomadas e evite contato com objetos de estrutura metálica que estejam ligados à eletricidade, como fogões, geladeiras e torneiras. Se estiver na rua, procure um lugar seguro e não se aproxime de cabos partidos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário