ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 22º

Meio Ambiente

Geada deixa sul de MS vulnerável a queimadas, alertam bombeiros

Por Anahi Zurutuza | 17/07/2017 17:03
Céu encoberto por neblina; apesar da umidade neste início da temporada de frio, geada queima a vegetação que ficará muito seca em poucos dias, segundo bombeiros (Foto: Edemir Rodrigues/Segov)
Céu encoberto por neblina; apesar da umidade neste início da temporada de frio, geada queima a vegetação que ficará muito seca em poucos dias, segundo bombeiros (Foto: Edemir Rodrigues/Segov)

O Corpo de Bombeiros prevê risco maior de incêndios florestais no sul de Mato Grosso do Sul nos próximos dias e alerta a população. Se a previsão de geada se confirmar, com a vegetação mais seca, a região fica mais suscetível às queimadas, num período do ano que já é crítico.

As unidades dessa região estão trabalhando com equipes extras em regime de sobreaviso, explicou o chefe do Centro de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros Militar de MS (CBMMS), tenente-coronel Waldemir Moreira Júnior. “Se confirmar a previsão, a geada vai queimar a vegetação e deixar toda ela seca em uma semana, mais vulnerável aos incêndios”, explicou.

Segundo o Ceptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), nesta madrugada, pode ocorrer geada em toda na região da Grande Dourados e municípios como Ponta Porã, Naviraí e Nova Andradina. A queda brusca nas temperaturas é decorrente de uma massa de ar frio que avança pelo continente.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) também fez alerta de que termômetros podem chegar a 0ºC nesta madrugada.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário