ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  30    CAMPO GRANDE 24º

Meio Ambiente

Residência no bairro Universitário é flagrada com aves e madeira silvestres

Por Paula Vitorino | 05/07/2011 09:15

Aves eram mantidas em cativeiro, na Capital. (Foto: PMA)
Aves eram mantidas em cativeiro, na Capital. (Foto: PMA)

Policiais militares ambientais flagraram um cativeiro de animais silvestres em uma residência do bairro Universitário, em Campo Grande. Três aves da espécie mutum foram encontradas no local, sem autorização do órgão ambiental.

O proprietário das aves afirmou que capturava os animais nas proximidades de um córrego nas imediações da Capital.

Na residência, os policiais também encontraram 56 postes de madeira da espécie aroeira sem documentação ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal) e com sinais de corte recente.

As aves e a madeira foram apreendidas. Os mutuns foram encaminhados ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres). O autor foi multado em R$ 15 mil por manter animais silvestres em cativeiro sem autorização ambiental. A multa foi de R$ 5 mil por animal, devido a espécie estar em extinção.

Ele também foi multado em R$ 300 pelo corte das árvores. O proprietário foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil para responder por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de 6 meses a 1 ano e meio de detenção.

Regras de comentário