ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Veterinários que atuaram em Brumadinho também vão ajudar no Pantanal

Médicos atuaram no resgate em Brumadinho ajudarão no desenvolvimento das estratégias para os animais do Pantanal

Por Ana Paula Chuva | 18/09/2020 16:17
Voluntários fazendo curativo na pata de uma dos animais atingidos pelo fogo (Foto: Gustavo Basso)
Voluntários fazendo curativo na pata de uma dos animais atingidos pelo fogo (Foto: Gustavo Basso)

Dois médicos veterinários que atuaram na linha de frente durante o desastre de Brumadinho, Minas Gerais, ajudarão no trabalho com os animais atingidos pelos incêndios do Pantanal, em Mato Grosso do Sul.

O CRMV-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado) está realizando a campanha “SOS Animais Silvestres” e os médicos Claudio Zago Junior e Aldair Junior Woyames Pinto ajudarão no desenvolvimento de ações que envolvam instituições públicas e privadas que já atuam no combate dos incêndios que atingem o Pantanal.

Segundo o presidente do conselho, Rodrigo Piva,disse que o objetivo é usar a experiência dos médicos em desastres para o desenvolvimento dessas ações.

“Queremos otimizar os esforços de todos os envolvidos, temos visto o árduo trabalho desenvolvido pela PMA, CRAS, Corpo de Bombeiros, ONGs, entre outros. Portanto, se fizermos um planejamento de ações, o contingenciamento do fogo, a preservação do meio ambiente e o resgate da fauna pantaneira será exitosa”, avaliou.

Anta debilitada por causa do incêndio no Pantanal sul-mato-grossense (Foto: Gustavo Basso)
Anta debilitada por causa do incêndio no Pantanal sul-mato-grossense (Foto: Gustavo Basso)

Uma reunião virtual será realizada com as instituições envolvidas no trabalho de combate aos incêndios neste sábado (19) a partir das 14h30 para a discussão de estratégias.

A campanha SOS Animais Silvestres tem objetivo de arrecadar fundos para a compra de materiais e insumos veterinários que serão usados com os animais que estão sendo resgatados da região de queimadas.

“Esta semana já disponibilizamos medicamentos para as equipes volantes do Centro de Recuperação de Animais Silvestres que estão em campo. Nossa intenção é estar preparados para atendermos qualquer tipo de situação”, explicou Paula Helena Santa Rita, presidente da Comissão de Animais Silvestres do CRMV-MS.

Unidade móvel - Desde o dia 14, animais silvestres atingidos pelo fogo começaram a ser atendidos por estruturas móveis do Cras (Centro de reabilitação de Animais Silvestres) montadas nas regiões mais críticas de Mato Grosso do Sul. Em razão do avanço dos focos de incêndio no Pantanal, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decretou situação de emergência. Em Mato Grosso, a situação também é triste e já matou diverso bichos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário