ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  21    CAMPO GRANDE 18º

Política

Assembleia volta do recesso com cinco pré-candidatos a prefeito

Deputados retornam as atividades e sessões virtuais amanhã (4), após duas semanas de recesso

Por Leonardo Rocha | 03/08/2020 11:35
Sessão em video conferência na Assembleia, antes do recesso (Foto: Divulgação - ALMS)
Sessão em video conferência na Assembleia, antes do recesso (Foto: Divulgação - ALMS)

A Assembleia Legislativa retorna amanhã (4) suas atividades, após recesso parlamentar, tendo cinco deputados pré-candidatos a prefeito, para eleição neste ano. Eles terão que conciliar os trabalhos no legislativo, com a realização da campanha, que neste ano teve período adiado devido a pandemia do coronavírus.

Os deputados Pedro Kemp (PT), Márcio Fernandes (MDB) e João Henrique Catan (PL) colocaram seus nomes como pré-candidatos a prefeito em Campo Grande. Já José Carlos Barbosa (DEM) e Renato Câmara (MDB) estão à disposição para disputa em Dourados.

Os parlamentares aguardam a realização das convenções partidárias, onde irão confirmar suas respectivas participações nas eleições municipais. O desafio será manter suas atividades no Legislativo, tanto na votação de projetos, como na participação em audiências e nas comissões da Assembleia.

No começo do ano outros deputados também estavam interessados no pleito, no entanto desistiram ao longo do caminho. Carlos Alberto David e Jamilson Name saíram de seus partidos, já Renan Contar (PSL) foi preterido dentro da sua legenda, que preferiu apostar no vereador Vinicius Siqueira (PSL).

Marçal Filho (PSDB) desistiu da disputa em Dourados e Lucas de Lima (SD) abriu mão da possibilidade, para apoiar o ex-secretário estadual de Obras, Marcelo Miglioli (SD). O último deputado a dizer que estava no páreo foi João Henrique Catan (PL), que surge como o nome da sua legenda.

Mudanças – Com as mudanças no calendário eleitoral, as convenções partidárias vão ocorrer de 31 de agosto a 16 de setembro e a eleição está marcada para 15 de novembro. Nas cidades que tiverem segundo turno, o pleito será em 29 de novembro.

Já os deputados retornam as atividades em sessões virtuais, por meio de videoconferência. A medida foi adotada desde o começo de março, quando começou a pandemia no Estado. A Assembleia teve seis casos confirmados de covid-19, entre eles dois parlamentares: Paulo Corrêa (PSDB) e Neno Razuk (PTB).