A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

25/11/2013 17:50

Bernal desembolsa R$ 300 mil para advogado "salvá-lo" da cassação

Zemil Rocha
Bernal contratou pessoalmente o advogado Jesus Sobrinho (Foto: arquivo)Bernal contratou pessoalmente o advogado Jesus Sobrinho (Foto: arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) pode estar desembolsando em torno de R$ 300 mil para defender seu mandato na Justiça e na Câmara de Campo Grande. “Tem dois processos sendo defendidos, o da Câmara e o da improbidade administrativa, então deve ser por aí, em torno de R$ 300 mil”, informou um advogado, que foi colega do desembargador aposentado Jesus de Oliveira Sobrinho, contratado pelo progressista.

Apesar do elevado valor, a informação da Prefeitura de Campo Grande é que a despesa não é paga pelos cofres públicos. “Quem contratou foi o cidadão Alcides Bernal”, informou o procurador-geral do Município, Denir Nantes.

Outro advogado consultado pelo Campo Grande News afirmou que o critério de cobrança de honorários é bem variável, dependendo do caso concreto e do currículo do profissional. No caso de um desembargador aposentado, considera que o valor acaba sendo mais elevado. “Tem quem cobra antecipadamente e outros pedem pelo resultado; por exemplo, se eu manter você no cargo quero R$ 500 mil”, apontou.

Jesus de Oliveira Sobrinho  formou-se há mais de 50 anos, em 1963, em Uberaba (MG).

Ele ingressou na Magistratura do Mato Grosso por meio de concurso público em 1967 e começou a carreira em Dom Aquino (MT). Depois, Sobrinho passou por Dourados (1968) e Campo Grande (1970). Foi promovido a desembargador do Tribunal de Justiça do Mato Grosso em 1972.

Ele foi o primeiro presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (1979-80) e presidente do Tribunal de Justiça de MS de 1981-82.

Aposentou-se em 12 de março de 1987.

Procurador da Câmara – Quem enfrenta nos processos as argumentações do advogado Jesus e Oliveira Sobrinho e as decisões judiciais é o procurador jurídico André Luiz Pereira da Silva, que tem 10 anos de experiência profissional. André foi contratado para o cargo comissionado em 1º de janeiro deste ano pelo presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB).

A remuneração de procurador jurídico comissionado na Câmara é de R$ 4.614,86, conforme dados publicados no Portal de Transparência da Câmara de Campo Grande, mas pode receber até 200% de gratificação de representação, de acordo com o que preceitua a Resolução n. 937, de 27 de abril de 1995. Questionado sobre sua remuneração, André Luiz preferiu não informar. Caso recebe os 200% de gratificação, totaliza R$ 13,8 mil.

 “Fui nomeado em janeiro como procurador da Câmara, mas acompanho o Mario (Cesar) desde a primeira Legislatura dele”, informou André Luiz, autor dos recursos para que a Comissão Processante da Câmara continue seus trabalhos. André disse que também conta com a ajuda do procurador Fernando Pineis. “Dr. Fernando tem me ajudado de forma muito ímpar. Ele tem visão muito boa”, elogiou.

 (editada para correções às 10h23)




"A culpá eh da administrassaum paçada, estamos com sinho Bernal"

BOA CAMPO GRANDEEE, kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Vao concluir o Mobral antes de votar, kkkk
 
Antonio Harper em 26/11/2013 13:05:11
O Ministério Público tem de investigar de onde sairá esses R$300.000,00 para pagar o advogado. Afinal, o Ministério Público é o fiscal da lei. O contrato dos honorários tem de ser mostrado, até por questão de transparência.
 
João Locco em 26/11/2013 10:29:09
Primeiro que a reportagem cita uma hipótese, segundo, o papel do atual prefeito é defender o seu mandato, e terceiro, se fosse preciso eu garanto que boa parte da população estaria disposta a ajuda-lo com doações para as custas do advogado.
pode ter certeza, a população não esta a favor do Alcides Bernal, mas sim contra essa quadrilha que tenta fazer do MS, o mesmo que acontecia no estado da Bahia, com Antonio Carlos Magalhães, ou não sabemos que a maioria desses que ai estão são todos cupinchas principalmente esses vereadores que foram eleitos financiados com que dinheiro? ou de quem?
 
Diego souza em 26/11/2013 09:28:01
Tai senhores eleitores de Campo Grande/MS vcs nao queriam mudanças ta ai as mudanças. EITA POVO BURRO QUE NAO SABE VOTAR.....
 
Lisandro Fanaia em 26/11/2013 09:08:58
Mas é a gente que paga o advogado do Bernal.
 
moacir cafaro em 26/11/2013 08:35:44
Salário do prefeito X 11 meses + os 800mill de patrimonio declarado em 2012 da quanto?
 
Ronaldo Castor em 26/11/2013 08:12:00
Advinha quem vai pagar mais esta conta???
Nós, otário povo brasileiro!!!!!
se preparem para os impostos no início do ano!!!
Quem se dá bem é quem não tem onde cair morto e os milionários...
pq a classe média é quem mais se ferra!!!!!
 
rosana alves em 26/11/2013 07:58:26
DESDE DE QUANDO UM RADIALISTA E PREFEITO A UM ANO TEM R$300 MIL EM SUA CONTA?????? EAÊ MINISTÉRIO PÚBLICO, CONSEGUE RESPONDER ESSA????? ÊÊÊÊÊÊÊÊÊ CAMPO GRANDE, VAI DEMORAR PRA CRESCER... INFELIZMENTE!!!!
 
JOSÉ JOAQUIM em 26/11/2013 07:49:45
A onde e que o Bernal esta arrumando essa grana toda, se juntar os dez meses que ele esta na Prefeitura não chega nem a metade.
 
eraldo a bento em 26/11/2013 07:05:02
É lógico que ele cobra caro, ele conhece os caminhos da absolvição.....dinheiro, dinheiro etc...
 
paulo antonio em 26/11/2013 06:58:41
POR FAVOR!!!!!!!! TIREM O BERNAL!!!!
 
Elcio muniz em 25/11/2013 22:49:26
PORQUE OS SÁBIOS NÃO FALAM A VERDADE??? POR QUE QUEREM CASSAR O MANDATO DO BERNAL??????
 
otavio moreira em 25/11/2013 21:58:26
E ele pagou tudo isso com o salário de prefeito?!?!?!?!?!
 
Afonso Netho em 25/11/2013 20:08:02
Com certeza corre muito grana ou seja entra muita grana no bolso, pra gastar R$300.000,00 pra um advogado!! por isso eles brigam tanto pra se manter no cargo, eles não brigam por causa de melhorias da cidade e nem tão pouco pelos os Cidadões que confiaram nas promessas deles. queria ver se eles quisessem permanecer no cargo se recebecem somente o sálario que lhes é devido, e não existisse as tais ajuda isso é o verdadeiro trabalhado dá murro em pontas de faca para sobreviver do salário mínimo que é uma vergonha, e lá vem mais promessas por aí, as eleições de 2014, tem candidato a Governo que apoiou tantos candidadtos a prefeito que agora estão sendo cassado. abre o olho povo sul matogrossensse
 
sonia de fatima em 25/11/2013 20:03:11
De onde virão os 500 mil? Das verbas "emergenciais". E a novela entra na reprise!
 
Cristiano Arruda em 25/11/2013 19:40:40
ISTO É A PIOR NOTICIA QUE LEMOS NESTES DIAS. UM ABSURDO!!!!!! ENTÃO O HOMEM TA MANANDO NA TETA DA PREFEITURA MESMO!!!!!!!
 
ELY MONTEIRO em 25/11/2013 19:24:00
Aonde esta arrumando tanto dinheiro.... é mais um João de Deus ganhando na loteria.
 
Reinaldo Jordão em 25/11/2013 18:34:42
Para quem declarou a Justiça eleitoral em 2012 ter um patrimônio em torno de 800 mil, gastar quase 50% para se manter na prefeitura seria irreal, ou será que somos nós que pagaremos a conta? eu fico com esta opção.
 
Jonas Pereira em 25/11/2013 18:29:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions