A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/11/2013 19:22

Campo Grande negocia área com Exército para obra do Hospital Municipal

Zemil Rocha e Kleber Clajus
Valter Cortez participou de audiência da Comissão de Obras na Câmara (Foto: Kleber Clajus)Valter Cortez participou de audiência da Comissão de Obras na Câmara (Foto: Kleber Clajus)

A Prefeitura de Campo Grande está negociando com o Exército a permuta de uma área que fica na Av. Tamandaré com a Rua Euler de Azevedo, para a construção do Hospital Municipal e do terminal de ônibus do São Francisco. A revelação das tratativas foi feita ontem pelo presidente do Planurb, Valter Cortez, durante depoimento à Comissão de Obras da Câmara de Campo Grande.

O Hospital Municipal, segundo o projeto da Prefeitura, demandaria um investimento de R$ 112 milhões. Desse total, segundo Cortez, R$ 41 milhões serão assegurados graças a uma emenda do senador Delcídio do Amaral. O governo federal entraria com mais R$ 14 milhões. A Prefeitura previu uma contrapartida de apenas R$ 300 mil no Orçamento de Campo Grande para 2014. Ainda faltariam R$ 57 milhões para a obra.

A decisão de construir os dois equipamentos públicos na área hoje de propriedade do Exército, conforme Cortez, decorreu das facilidades, como “distribuição da população, questão viária e também acesso pelo transporte coletivo” na região. “Estrategicamente o mais adequado é ali naquele local”, emendou.

A construção do Hospital Municipal, salientou o presidente da Planurb, vai depender do apoio da bancada federal para garantir o investimento.

 

 

 

 

Bernal propõe construir Hospital Municipal perto de área do Exército
A Prefeitura de Campo Grande planeja construir o Hospital Municipal, com o início das obras orçado em R$ 40 milhões, em uma área próxima ao Exército,...
Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...


muita terra vazia em área urbana,,,,, se juntar a área da base com o aeroporto somam quase 500 hectares em área urbana, enquanto isso os conjuntos habitacionais são construídos com até 25 km do centro em alguns casos até 30 km , áreas militarizadas e aeroportos devem estar longe da população citadina, mas são construções antigas,,, então está na hora de ocupar mesmo e fazer algo útil ao povo.
 
marcio silva em 30/11/2013 08:37:47
Será que esse prefeito vai dar conta dessa boa idéia?
 
Ivone Matos em 29/11/2013 22:33:36
E o viaduto?
Acham que com essa obra,o caótico trânsito no local,não ficará ainda pior?
Brincadeira né senhores
 
Tiago Plac em 29/11/2013 21:10:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions