A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/09/2010 14:12

Corumbá busca R$ 56 milhões do PAC 2 para urbanização

Redação

A prefeitura de Corumbá espera receber do Governo Federal cerca de R$ 56 milhões para projetos de urbanização, drenagem e asfaltamento dentro da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Nesta terça-feira (14), o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira (PT), participou no Ministério das Cidades, em Brasília, das últimas reuniões técnicas de apresentação e esclarecimento das propostas.

Em Corumbá, de acordo com a prefeitura, foram definidos quatro projetos executivos e de engenharia. Todos já foram pré-selecionados pelo ministério e abrangem três vertentes: pavimentação asfáltica, dois projetos de urbanização de assentamentos precários (favelas, encostas e outras áreas de risco) e drenagem urbana, que inclui o saneamento integrado.

O resultado da proposta ao Governo Federal deve ser anunciado no próximo dia 30 pelo Ministério das Cidades. Os recursos totalizam R$ 1,59 trilhão e serão divididos entre municípios com população acima de 70 mil habitantes.

O prefeito Ruiter Cunha (PT) acredita que a cidade está próxima de receber os recursos solicitados. "Quando foi necessário, buscamos auxílio e consultoria de empresas com know-how no assunto, para não pecarmos nos projetos. Isso nos dá grande confiança na aprovação, dependendo apenas dos critérios utilizados pelo ministério para desempatar a disputa pelos recursos", disse.

Lançado em março deste ano com investimento previsto de R$ 1,59 trilhão, o PAC 2 é divido em seis eixos que abrangem projetos de infraestrutura em todo o Brasil: Cidade Melhor, Comunidade Cidadã, Minha Casa, Minha Vida, Água e Luz para Todos, Transportes e Energia.

Área de maior interesse de Corumbá nesta etapa do programa, somente o PAC Cidade Melhor prevê investimento total de R$ 57,1 bilhões e tem como objetivo enfrentar os principais desafios das grandes cidades na área de saneamento, prevenção em áreas de risco, mobilidade urbana e pavimentação entre os anos 2011 e 2014. (Com informações da assessoria).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions