A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Março de 2019

26/12/2018 08:35

Deputado que não se reelegeu tem projeto vetado pelo governo estadual

Projeto de Picarelli aprovado na Assembleia incluia biomassa da banana verde na merenda escolar na rede pública

Silvia Frias
Picarelli não se reelegeu, depois de 32 anos de legislatura (Foto: Leonardo Rocha)Picarelli não se reelegeu, depois de 32 anos de legislatura (Foto: Leonardo Rocha)

O governo estadual vetou integralmente o projeto que estabelecia o uso de alimentos produzidos, beneficiados e industrializados em Mato Grosso do Sul no preparo da merenda escolar da rede pública de ensino. A proposta havia sido apresentada pelo deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB) que não se reelegeu para o próximo ano legislativo.

Pelo projeto, aprovado na Assembleia Legislativa, o objetivo era incluir biomassa de banana verde, pelo menos, três vezes por semana na merenda escolar. De acordo com veto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja, é dever do Estado garantir alimentação e assistência à saúde e a proposta interfere em tema de competência exclusiva.

Além da interferência, o veto é justificado pela falta de estudos científicos que comprovem a característica nutricional alegada na biomassa da banana verde – presença de vitaminas B e C, sais minerais e altas concentrações de amido – que determinem a adição do produto.

Na negativa, o governo alega, ainda, que aumentaria o custo com aquisição do produto industrializado ou mesmo da banana verde, pois dependeria de pessoal para o preparo e limite temporal de uso.

Picarelli não se reelegeu na última eleição para deputado estadual, deixando a Assembleia Legislativa depois de 32 anos de legislatura.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions