A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/06/2015 13:02

Deputados criam comissão para acompanhar as obras do Aquário

Leonardo Rocha
Aquário fica no Parque das Nações. (Foto: Arquivo)Aquário fica no Parque das Nações. (Foto: Arquivo)

Os deputados estaduais resolveram criar uma comissão para acompanhar as obras do Aquário do Pantanal, após diversas mudanças no prazo para sua conclusão. Eles ainda querem informações sobre o andamento da obra, assim como gastos na sua infraestrutura e sobre sua manutenção.

Esta proposta foi sugerida pelo deputado Lídio Lopes (PEN), que ressaltou que o grupo poderá fazer visitas, reuniões com técnicos e análise da situação orçamentária da obra.

“Solicitei esta comissão, pois já divulgaram problemas em função da manutenção, em relação aos peixes, assim como o adiamento de sua conclusão, vamos poder acompanhar este trabalho”, disse o deputado.

Amarildo Cruz (PT), que foi indicado por sua bancada para participar da comissão, lembrou que há duas semanas apresentou o requerimento pedindo informações sobre a obra, em relação ao investimento, manutenção e ações da nova gestão.

“Agora poderemos fazer uma reunião com o governo, visitar todos os setores do Aquário e acompanhar de perto, já que existem uma série de questões em jogo, como a situação dos peixes, onde eles vão ficar até terminar, já que um eventual deslocamento pode trazer prejuízos”.

O deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB, indicou Antonieta Amorim (PMDB), para fazer parte da comissão. Ele ponderou que é importante o legislativo acompanhar esta obra que será importante para o Estado. O Aquário que tinha previsão inicial de R$ 87 milhões, pode ser finalizado com gastos de R$ 230 milhões.

Com uma área total de cerca de 27 mil m² o empreendimento foi concebido para ser o maior aquário de água doce do mundo, com 6,6 milhões de litros de água. Serão 135 espécies de peixes, sem contar com os mamíferos e répteis. Os peixes serão distribuídos em 32 aquários.

A 26º Promotoria de Justiça também começou a investigar a regularidade jurídico-ambiental na forma como os peixes foram adquiridos, transportados e armazenados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions