A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/07/2012 21:12

Panfletagem na campanha só poderá ser feita em 7 pontos do Centro

Nicholas Vasconcelos
Distribuição de panfletos e adesivos tem locais definidos pela Justiça Eleitoral (Foto: Arquivo)Distribuição de panfletos e adesivos tem locais definidos pela Justiça Eleitoral (Foto: Arquivo)

A Justiça Eleitoral definiu nesta sexta-feira (6) as regras para a campanha nas ruas das eleições deste ano. Os representantes das sete coligações que disputam a prefeitura e dos 501 candidatos a vereador foram informados sobre as regras para a panfletagem e distribuição de adesivos.

A distribuição de panfletos e adesivos ficou também ficou restrita em sete pontos, que serão revezados entre as coligações. A distribuição deve ser feita somente por cabos eleitorais, que não podem usar roupas com número das coligações, somente com a logomarca do partido ou coligação.

O trabalho só pode ser feito nos cruzamentos da Afonso Pena com Calógeras, com 14 de Julho, com 13 de Maio, Pedro Celestino, Padre João Crippa, Paulo Coelho Machado e Via Parque. Na avenida Mato Grosso eles só podem ser entregues na esquina com a rua Ceará.

De acordo com a 35° Zona Eleitoral, responsável pela definição das medidas, os candidatos devem comunicar os eventos públicos de grande porte na região central com pelo menos cinco dias de antecedência junto para o Comando da PM (Polícia Militar), Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito), Agetran (Agência Municipal de Trânsito), PF (Polícia Federal) e Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social).

A Justiça determinou que a região central é compreendida pela avenida Ministro João Arinos, desde os altos da Avenida Afonso Pena, rua Joaquim Murtinho, avenidas Eduardo Elias Zahran, Salgado Filho, Ernesto Geisel e Mato Grosso até os altos da Afonso Pena. Nesses locais os eventos são permitidos somente entre as 8h e às 22h.

Ficam proibidos os eventos a menos de 200 metros de quartéis, hospitais, postos de saúde. No caso de escolas, bibliotecas, igrejas a proibição só é valida quando estiverem em funcionamento. Os eventos também só podem ser realizados com 1 quilômetro distância entre si.

A instalação de aparelhos de som ficou proibida na Afonso Pena entre as ruas Pedro Celestino e 14 de Julho.

Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


É muito importante que estes pontos de panfletagem sejam bem divulgados para que o eleitor possa encontrar rotas alternativas para se livrar dos inconvenientes.
Uma observação: quem vai se responsabilizar pela inevitável sujeira dos panfletos jogados pelas calçadas?
 
Hilda França em 07/07/2012 01:46:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions