A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

12/04/2017 13:47

Mochi diz que comissionados serão renomeados até o dia 20 de abril

Reforma reduziu 25% dos cargos comissionados

Leonardo Rocha
Junior Mochi e Antonieta Amorim, durante sessão na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)Junior Mochi e Antonieta Amorim, durante sessão na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)

 O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), afirmou que uma parte dos comissionados que foram exonerados do legislativo, serão recontratados até o dia 20 deste mês. Ele adiantou que amanhã (13) haverá uma reunião com as diretorias, para definir quem voltará ao trabalho.

Antes da reforma administrativa, existiam 256 cargos comissionados, com a redução de 25% do efetivo, o legislativo irá abrir apenas 200, no entanto o presidente já adiantou que nem todos serão preenchidos, sendo este número ainda menor. "Não posso divulgar quantos irão voltar, apenas dizer que teremos apenas a equipe necessária para as atividades".

Mochi garante que as diretorias é quem vão definir os recontratados, que serão nomeados nas novas funções definidas. Antes eram 52 nomenclaturas e agora irão se organizar em nove. A intenção do legislativo é economizar R$ 300 mil por mês com as mudanças, podendo chegar a R$ 4 milhões no ano.

Trabalho - No último dia 31 de março, todos os comissionados (exceto dos gabinetes), foram exonerados, e até o momento nenhum recontratado. Para manter o trabalho do legislativo, uma equipe reduzida, de 30 funcionários foi chamada pelas diretorias. Depois quando houver as nomeações, irão receber de forma retroativa, ao começo do mês.

A expectativa da direção é que no final de abril, também comecem a ser nomeados os primeiros aprovados no concurso da Assembleia, que irão ocupar cargos de nível médio e superior. O 1° secretário da Casa de Leis, Zé Teixeira (DEM), adiantou que o primeira remessa será de 40 (aprovados), sendo o restante chamado até o fim do ano.

Depois da definição da equipe de trabalho, todos os comissionados e efetivos terão que passar diariamente pelo ponto eletrônico, para registrar presença, em jornadas que vão variar de manhã, tarde e horários especiais. Para os funcionários dos gabinetes, restará aos deputados fazer o controle e fiscalização de suas atividades.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions