A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/05/2013 16:12

Montando o “time”, André já faz escalações para a disputa de 2014

Zemil Rocha
André citou esta semana nomes de Herculano e Nilene para 2014 (Foto: Rodrigo Pazinoto)André citou esta semana nomes de Herculano e Nilene para 2014 (Foto: Rodrigo Pazinoto)

O governador André Puccinelli já está preparando seu “time” para as eleições do ano que vem. O principal líder do PMDB no Estado está trabalhando nomes e incentivando pré-candidaturas, inclusive levando-os a tira-colo em suas andanças. Além de ter trazido para a intimidade do governo os dois pré-candidatos da chapa majoritária peemedebista Nelsinho Trad e Simone Tebet, nomeando-os secretários de Governo e de Articulação com os Municípios, respectivamente, André já está costurando uma lista dos que contarão com suas benções para a disputa das vagas parlamentares.

De olho no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa do Estado, as chamadas “vagas proporcionais”, Puccinelli vem fazendo suas escalações para a disputa de 2014. Nomes dos seus “preferidos” têm sido citados, inclusive nesta semana, quando, numa escola, ele revelou seu apoio a dois de seus secretários, Nilene Badeca (Educação) para deputada federal e Herculano Borges (Juventude) para deputado estadual, a primeira do PMDB e a segunda do PSC.

A espontânea declaração de apoio a Nilene e Herculano foi num clima de descontração, quando André estava cercado por várias crianças. Soletrando, o governador anunciava: “Her-cu-la-no é estadual e Ni-le-ne é federal”.
Em outras situações, Puccinelli já declarara sua simpatia para que o deputado estadual Márcio Fernandes (PT do B) prossiga a carreira parlamentar, já tendo o chamado carinhosamente de “netinho” por várias vezes. Fernandes faz por merecer, pois sabe tudo sobre o governador André Puccinelli, até mesmo sua agenda.

Há também a intenção de incentiva a candidatura de Tereza Cristina Corrêa da Costa, atual secretária a estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo, para disputar vaga legislativa na eleição de 2014.

Cumprindo um papel importante para o PMDB na Capital, em razão do contra-ponto que faz ao prefeito Alcides Bernal (PP), o presidente da Câmara de Campo Grande, Mario Cesar, também poderá ser incentivado a concorrer a deputado estadual na chapa proporcional da legenda.

O presidente regional do PMDB, deputado estadual Oswaldo Mochi Junior, considera natural que o governador exerça esse papel de catalizador e ajude a definir candidaturas para as eleições de 2014. “O governador como liderança que é, independentemente de ser candidato a senador ou não, é o grande articulador, o artífice, e tem condições de alanvancar as chapas proporcionais”, declarou o parlamentar. “Nós do PMDB, sendo ele candidato ou não, o queremos inserido no processo para que o PMDB tenha bom desempenho em 2014”, acrescentou.

 

 

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


Herculano Borges, um EXCELENTE nome para ocupar a Assembléia Legislativa. Sério... serissimo meso.. trabalhador.. e o mais importante HONESTO!!! Gostei da ideia do Governador lança-lo como candidato..
 
Gilson Giordano em 19/05/2013 09:14:36
Vão todos juntos para o fundo do poço.
 
Josito Sobrinho em 18/05/2013 19:32:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions