A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Março de 2019

18/12/2018 15:49

Orçamento da Capital que prevê receita de R$ 4 bilhões é aprovado

Uma das emendas manteve em 5% o limite para o município remanejar recursos sem autorização da Câmara Municipal

Mayara Bueno
Vereadores no plenário da Câmara Municipal de Campo Grande durante sessão ordinária. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo).Vereadores no plenário da Câmara Municipal de Campo Grande durante sessão ordinária. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo).

Os vereadores de Campo Grande aprovaram, nesta terça-feira (dia 18), o Orçamento da Capital, cuja previsão de receita é R$ 4 bilhões para 2019. A LOA (Lei Orçamentária Anual), como é chamada a peça orçamentária, é a principal ferramenta do município para aplicação de investimentos, projetos e estima quanto a cidade pode crescer.

Foram aprovadas 179 emendas ao projeto, das 433 apresentadas pelos vereadores. O primeiro número entra como previsões mais concretas e o segundo fica como “sugestão” para o município.

Uma das emendas fixa em 5% a margem para a Prefeitura de Campo Grande remanejar o orçamento, sem a autorização da Câmara Municipal. No projeto, o município tentou elevar para 15%.

Segundo o relator da LOA, vereador Eduardo Romero (Rede), foram feitos alguns ajustes na peça orçamentária. “Mas no geral estava muito apertado [o projeto], não havia muito o que ser feito”. Outra emenda apresentada pelos parlamentares prevê investimentos para entidades ligadas a saúde e assistência social.

A Lei Orçamentária Anual foi aprovada em 1ª hoje durante sessão extraordinária. A 2ª votação está prevista para quinta-feira (dia 20), quando os vereadores também encerram o período legislativo e entram em recesso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions