ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 18º

Política

Para derrotar PMDB, Zeca muda de ideia e aceita aliança com PSDB

Por Bruno Chaves e Lidiane Kober | 13/11/2013 15:25

O vereador Zeca do PT revelou nesta quarta-feira (13), durante agenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Campo Grande, que não descarta uma aliança branca com o PSDB nas eleições majoritárias de Mato Grosso do Sul em 2014.

Ele disse que, por percorrer todas as cidades do Estado, se convenceu que o “petismo fez uma escolha: derrotar o PMDB de André Puccinelli”.

Nesse sentido, o vereador confirma que mudou de opinião, já que até a algum tempo atrás era contra qualquer tipo de aliança.

Depois de se convencer do contrário, Zeca avalia que várias teses podem surgir no cenário político do próximo ano. Uma delas é a aliança branca com o PSDB.

A outra hipótese seria lançar uma chapa pura, com Delcídio concorrendo ao Governo do Estado, com Roberto Botareli (PT) de vice, “por representar um sindicalista moderno”, e um dos partidos tradicionalmente aliados – PDT, PROS e PSB – disputando uma vaga do Senado.

“Acho importante o PT fazer de tudo para não se isolar politicamente, mas sem perder as características do partido”, disse.

Lula – O vereador disse que ainda não teve oportunidade de conversar com o ex-presidente sobre política e eleições de 2014.

No entanto, ele revelou que na sexta-feira (15) viajará, com a esposa Gilda, para São Paulo. “Vamos passar o feriadão no sítio do filho do ex-presidente”, disse.

Lula e a ex-primeira dama Marisa Letícia receberão Zeca e Gilda, assim como outros casais de amigos.

“Lá vai ter muito tempo para conversar com o Lula”, avaliou.

O ex-presidente está em Mato Grosso do Sul desde ontem (12). Lula vai embora ainda hoje para participar, junto com a presidente Dilma Rousseff (PT), da solenidade de entrega dos restos mortais do ex-presidente João Goulart em Brasília (DF).

Nos siga no Google Notícias