A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/08/2015 17:48

Para economizar, Bernal diz que vai suspender serviços menos essenciais

Alan Diógenes
Bernal disse que déficit na prefeitura é de R$ 30 milhões. (Foto: Vanessa Tamires)Bernal disse que déficit na prefeitura é de R$ 30 milhões. (Foto: Vanessa Tamires)

O prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou, na tarde desta sexta-feira (28), que para amenizar o déficit de R$ 30 milhões, deixado pela administração passada, vai suspender serviços menos essenciais como tapa-buracos e eventos, que utilizem recursos municipais. Bernal também já procurou o Tribunal de Justiça para que o órgão apoie na retração de dívidas ajuizadas da população.

“Já procurei o João Maria Lós, presidente do TJMS, para tratar do assunto. É uma oportunidade para o contribuinte sanar suas dívidas e assim poder ajudar a receita do município. Também pretendo fazer um ajuste fiscal, fundir secretárias como forma de economia e se preciso fazer empréstimos para sanar esse déficit”, explicou.

Bernal também disse, durante a coletiva de imprensa, que a gestão passada fez com que recursos federais “desaparecessem dos cofres públicos”. Alguns dos recursos tinham como destino secretarias e por isso várias obras ficam paradas. "Foi um crime extremamente grave, espero que a Ministério Público Estadual, Controladoria Geral da União e Polícia Federal punem os envolvidos”, mencionou.

Anunciado como novo secretário municipal de Governo, o vereador Paulo Pedra (PDT), falou que estará a disposição da prefeitura. “Vou ajudar a fazer uma administração transparente e estarei a disposição 24h. Para isso precisamos contar com o apoio da Câmara Municipal e população”, destacou.

Sobre o déficit encontrado por Bernal na prefeitura, a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) afirmou que os demais parlamentares na Câmara já sentiam que as despesas estavam em “descontrole”. “Já sabíamos desta situação. Agora com a volta de Bernal, queremos constituir na Câmara condições para que ele possa governar e resolver o problema”, finalizou.



Então Campo Grande, a cidade dos ipês, a partir de hoje vai se chamar "A cidade dos buracos". Que maravilha! Não queriam mudanças? Aproveitem....kkk
 
Barbarossa em 28/08/2015 18:48:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions