A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/09/2014 16:35

Pecuarista de MS intermediou esquema de corrupção na Petrobras, diz revista

Reportagem de Veja aponta novas chantagens a dirigentes do PT

Leonardo Rocha
Reportagem mostra que pecuarista de MS articulou negociação em esquema na Petrobras (Foto: Reprodução Revista Veja)Reportagem mostra que pecuarista de MS articulou negociação em esquema na Petrobras (Foto: Reprodução Revista Veja)

A Revista Veja publicou reportagem neste final de semana que acusa o pecuarista sul-mato-grossense, José Carlos Bumlai, de intermediar negócios de empresários com a Petrobras, com a intenção de arrumar dinheiro para pagar chantagem a "grupos de criminosos" que ameaçam lideranças do PT em relação ao escândalo da estatal brasileira.

Segundo a reportagem, Bumlai, amigo do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, articulou com o diretor de exploração e produção da Petrobras, Guilherme Estrella, para que ampliasse os contratos com a construtora Schavin, no valor de R$ 6 milhões, mesma cifra que o pecuarista contraiu empréstimo com o banco Schavin, do mesmo grupo de empresários.

Este valor teria sido repassado para a Marcos Valério, operador do mensalão, que depois enviou a Ronan Maria Pinto, que estava chantageando a direção do PT na possibilidade de incluir o ex-presidente Lula, assim como o ministro Gilberto Carvalho e o ex-ministro José Dirceu, na "teia" do assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel, que iria acabar com um esquema de cobrança de propina no município paulista.

De acordo com a Revista, Marcos Valério já havia revelado esta transação ao Ministério Público em 2012, inclusive ressaltando que o foi o então secretário geral do PT, Silvio Pereira, que pediu sua ajuda para alavancar esta operação financeira para "comprar o silêncio" de Ronan.

Nesta negociação, entra Enivaldo Quadrado, que ajudou na transação para contratar a empresa que serviu de intermediária, a Renar Agenciamento e Assessoria, participando deste esquema na Petrobras. Agora Quadrado também resolve chantagear os dirigentes do PT, já que tem provas em mão de todo este processo.

A reportagem aponta que com a descoberta do documento pela Policia Federal, se desmonta toda a estratégia de defesa dos envolvidos. De acordo com as autoridades, o contrato que ligava Valério a Ronan era justamente a garantia de "aposentadoria de Quadrado". Um inquérito deve ser aberto em breve com todas estas evidências.

A Revista afirma que a direção do PT resolveu que era melhor "ceder" aos chantagistas, através de remuneração. Quadrado é bem conhecido pelas autoridades já que foi condenado em 2012 a 3 anos e seis meses por lavagem de dinheiro no esquema do mensalão.

Ele também foi detido duas vezes, uma em 2008 quando tentava sair do país com R$ 361 mil euros escondidos na cueca e este ano em função do envolvimento com lavagem de dinheiro no esquema comandado pelo doleiro Alberto Youssef, parceiro do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto da Costa.

Para Veja, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que teria ouvido o "ultimato" de Quadrado, negou qualquer chantagem ou pagamento, assim como Ronan também negou ter recebido dinheiro para manter o silêncio sobre o PT. Quadrado por sua vez preferiu não se manifestar.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o pecuarista José Carlos Bumlai, no entanto ele não atendeu as ligações realizadas pela equipe de reportagem.



Deixa eu ver se eu entendi direito, ele estava sendo chantageado por um grupo de "criminosos".
O que os criminosos da reportagem faziam? Eles ameaçavam EXPOR OS FATOS SUPOSTAMENTES ESCONDIDOS PELO PT.
Então quem são os criminosos, quem fez , ou quem sabe e ameça contar.
Segundo a reportagem, o assassinato do prefeito Celso Daniel em São Paulo foi arquitetado pelo pt (se eu entendi direito) então criminoso é quem ameça contar, não quem fez?
Os valores estão totalmente destorcidos no Brasil, tenho pena de nós morando aqui.
Não me lembro de ler alguma notícia no ano de 2013 e 2014 onde tinha a sigla "pt" e não tinha nenhuma menção à corrupção ou suspeitas de desvio de dinheiro.
Isso é tão evidente e tão óbvio que não entendo anda como ainda existem defensores dessa palhaçada
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 15/09/2014 08:02:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions