A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/08/2014 12:18

Pedrossian afirma que educação ainda deve ser prioridade em MS

Leonardo Rocha
Ex-governador Pedro Pedrossian foi um dos homenageados em sessão de comemoração de 20 anos da UEMS (Foto: Arquivo)Ex-governador Pedro Pedrossian foi um dos homenageados em sessão de comemoração de 20 anos da UEMS (Foto: Arquivo)

O ex-governador Pedro Pedrossian afirmou hoje (8), durante sessão especial em comemoração aos 20 anos da UEMS (Universidade Estadual Mato Grosso do Sul), que a educação ainda precisa ser prioridade no Estado, para que haja crescimento e desenvolvimento local.

"A educação precisa ser o principal tema do Estado, ela sempre foi e será a base da formação intelectual da população, que irá gerar desenvolvimento, deve ser prioridade", disse ele, antes do início da solenidade na Assembleia Legislativa.

Pedrossian que criou a UEMS durante a sua administração há vinte anos atrás, afirmou que a universidade continua atendendo aquilo que é a questão mais importante no Estado, que consiste na formação acadêmica da juventude. "Esta é a base da pirâmide social, fico absolutamente feliz pelo que fiz, inclusive a UEMS".

Sobre a eleição e o desafio dos próximos governantes do Estado, Pedrossian apenas ressaltou que existem três bons candidatos nesta eleição e que resta a população analisar quem está mais preparado e tem mais melhores propostas. "Tem muito a se fazer no Estado, sempre tem coisas que possam melhorar".

O ex-governador foi um dos homenageados na sessão especial em comemoração aos 20 anos da UEMS, assim como os ex-deputados Walter Benedito Carneiro e Roberto Razuk, que participaram da constituição da instituição e os ex-reitores Jair Madureira (1º reitor), Leocádia Petry Leme e Gilberto Arruda.

Obras - Além da construção da UEMS, Pedrossian foi responsável pela criação da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), com sede em Cuiabá e UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande. Ele também construiu o Estádio Pedro Pedrossian, o Parque dos Poderes, o Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e Parque das Nações Indígenas, além de diversas obras em setores diferentes do Estado.

Pedrossian foi governador de Mato Grosso entre 1966 a 1971, antes da divisão do Estado, eleito senador em 1978, depois renunciou do cargo em 1980, para assumir o mandato de governador de Mato Grosso do Sul. Em 15 de marco de 1991, assumiu novamente o governo do Estado, permanecendo até janeiro de 1995. Participou de outros pleitos eleitorais em 1998 (governador) e 2002 (Senado), mas não conseguiu se eleger.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions