ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  12    CAMPO GRANDE 19º

Política

Pesquisa para sucessor de Trad não poderá ser divulgada pelo PMDB

Por Aline dos Santos e Wendell Reis | 11/02/2012 14:39

O levantamento realizado pelo Ibope teve início nesta semana

Partido de Trad, atual prefeito, vai usar pesquisa para escolher candidato na Capital. (Foto: Pedro Peralta)
Partido de Trad, atual prefeito, vai usar pesquisa para escolher candidato na Capital. (Foto: Pedro Peralta)

Sem registro no TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral), a pesquisa do PMDB para definir o candidato a prefeito de Campo Grande não poderá ser divulgada. O registro para divulgação é uma exigência da Justiça Eleitoral. Desta forma, o levantamento será restrito a consumo interno do partido.

A pesquisa, realizada pelo Ibope, teve início nesta semana. O estudo vai incluir capacidade de aglutinação, confronto de perfis, rejeição, confronto com aliados e questionamentos sobre setores específicos. O Ibope deve perguntar, por exemplo, quem o eleitor acha melhor para a saúde ou educação.

No comando da prefeitura da Capital de Mato Grosso do Sul há mais de duas décadas, o PMDB deve escolher entre nomes do partido ou aliados. Na lista, estão o deputado federal Edson Giroto (PMDB), o vereador Paulo Siufi (PMDB) e o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM).

A escolha do candidato por meio de pesquisas foi definida em acordo entre o governador André Puccinelli e o prefeito Nelsinho Trad, ambos do PMDB, com os “prefeitáveis”.

Regras – Para ser divulgada, a pesquisa de intenção de voto precisa ter registro na Justiça Eleitoral. Devem ser apresentadas informações sobre quem contratou o levantamento, valor e origem dos recursos, metodologia, período de realização da pesquisa, questionário completo e quem pagou pela realização do trabalho.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário