A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/05/2014 15:30

PMDB deve ser o palanque de Eduardo Campos em MS, defende Nelsinho

Edivaldo Bitencourt
Pré-candidato do PMDB defende um palanque próprio no Estado (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Pré-candidato do PMDB defende um palanque próprio no Estado (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O pré-candidato a governador Nelson Trad Filho (PMDB) confirmou as conversas com o candidato a presidente da República e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Ele quer que o PMDB no Estado apóie o candidato socialista em Mato Grosso do Sul. Além disso, ele ofereceu ao PSB as vagas de vice-governador na sua chapa e uma das suplências da candidata ao Senado, Simone Tebet (PMDB).

Trad negou que o presidenciável do PSB veio a Campo Grande na segunda-feira para discutir a aliança. No entanto, a conversa ocorreu por meio de teleconferência. Campos estava para uma palestra em Belo Horizonte (MG).

Na conversa, o PMDB ofereceu uma aliança formal com o PSB. O ex-governador ficou feliz com a proposta, porque passará a ter um palanque competitivo no Estado.

Para Nelsinho, o melhor ao PMDB é apoiar a terceira via. Ele destacou que o senador Delcídio do Amaral (PT) vai dar palanque para a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), enquanto o tucano Reinaldo Azambuja garante o espaço para Aécio Neves (PSDB).

“Vou defender que o PMDB apóie o Eduardo Campos em Mato Grosso do Sul. Vou construir isso de maneira racional e democrática”, destacou Trad. “Não combina subir no palanque de nossos adversários”, afirmou.

O governador André Puccinelli anunciou que sua candidata será a presidente Dilma. “Ele defende a Dilma como pessoa física”, destacou Nelsinho, que participa de evento em Dourados nesta sexta-feira. Puccinelli sinalizou que poderá se licenciar do PMDB para fazer a campanha da petista, mas sem subir no palanque de Delcídio.

Nelsinho disse que avançou nas negociações com o PSB porque obteve o aval, na segunda-feira, do partido para construir as alianças.



Na terra do Agro vamos dar palanque pra quem odeia o setor. A Marina destila odio quando fala dos produtores.
 
Mônica A C C da Silva em 09/05/2014 16:49:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions