A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

30/04/2014 09:01

Prefeito e sindicatos têm dia decisivo para discutir reajuste salarial

Edivaldo Bitencourt e Aline dos Santos
Gilmar comanda reuniões com sindicalistas para decidir reajustes (Foto: Marcelo Victor)Gilmar comanda reuniões com sindicalistas para decidir reajustes (Foto: Marcelo Victor)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), tem um dia decisivo de negociações com os sindicatos para discutir o reajuste salarial dos servidores públicos municipais. Professores exigem o cumprimento da lei, que determina aumento de 18,3% em maio deste ano, enquanto os demais querem alta de 25%.

A primeira reunião ocorreu com a diretoria da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública). Olarte alega que vai tentar cumprir a lei, mas está preocupado com a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), que limita o comprometimento da receita líquida com pessoal em até 51,54%.

Os professores alegam que há condições de conceder o reajuste, que pode chegar a 28,3% com o segundo reajuste em outubro deste ano.

O presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais), Marcos Tabosa, chegou para o encontro com a decisão da categoria em mãos: eles exigem o reajuste de 30% para não suspender as atividades a partir de terça-feira. Eles até programaram uma manifestação na Praça do Rádio.

Os professores decidem hoje se acatam ou não a decisão do prefeito em assembleia geral hoje à tarde, na Capital.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions