A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/05/2016 07:22

Presidente interino da Câmara recua e revoga anulação de impeachment

Mesmo com a decisão de revogar afastamento, Senado havia dito que o processo seria votado

Mayara Bueno

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), voltou atrás de sua decisão de anular o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Na segunda-feira (9), o parlamentar havia suspendido o processo de afastamento aprovado na Câmara dos Deputados, que ocorreu em 17 de abril.

Segundo informações do Estadão, as novas informações serão publicadas no Diário Oficial da casa de leis. A decisão de ontem foi duramente criticada e o parlamentar corria o risco de ser expulso de seu partido.

Na tarde de ontem, o presidente interino fez um breve pronunciamento para justificar sua decisão de anular as sessões. Um dos motivos foi porque o processo não levaria só em consideração as possíveis pedaladas fiscais.

Depois da revogação, ainda ontem, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), havia decidido ignorar a decisão de Maranhão e confirmou para quarta-feira (11) a votação do processo em plenário. Na manhã desta terça-feira, a bancada do PP na Câmara se reuniria para discutir a expulsão do parlamentar do partido, o que deveria ser confirmado pela Executiva à tarde.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions