A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

19/12/2018 12:25

Proibição da pesca do dourado é aprovada e agora vai para análise do governador

Com a restrição da pesca, a ideia é que duas gerações de peixe da espécie dourado sejam ‘criadas’

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Deputados no plenário da Assembleia Legislativa de MS. (Foto: Leonardo Rocha).Deputados no plenário da Assembleia Legislativa de MS. (Foto: Leonardo Rocha).

Em 2ª votação, foi aprovado o projeto que proíbe a pesca do dourado, espécie de peixe, nos rios de Mato Grosso do Sul. A proposta foi aprovada nesta quarta-feira (dia 19) na Assembleia Legislativa e agora depende apenas do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sancionar para que comece a valer.

A matéria foi rejeitada em 2017, mas foi apresentada novamente em fevereiro deste ano e, em novembro, foi aprovada em 1ª discussão. O período fixado para proibição era de oito anos, mas após emenda parlamentar, ficou em cinco anos. O projeto é de autoria do deputado Beto Pereira (PSDB) que, em 2018, angariou mais votos para garantir a aprovação desta vez.

Com a restrição da pesca, a ideia é que duas gerações de peixe da espécie dourado sejam ‘criadas’. Também fica proibida a comercialização. Segundo o autor da proposição, houve amadurecimento e consciência dos parlamentares sobre a necessidade de uma medida restritiva para que as próximas gerações contem com o peixe.

Lídio Lopes (Patriota) disse, ainda, que Mato Grosso do Sul está perdendo 90 mil turistas por ano que, ao invés de virem para o Estado, seguem para a Argentina pescar o dourado. A medida também não deve atrapalhar os pescadores, já que a espécie está no 8º lugar dos mais vendidos. A pesca esportiva, o ‘pegue e solte’ fica liberada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions