A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/09/2015 23:17

PSD lança movimentos e se prepara para disputar prefeitura da Capital

Flávio Paes
Lideranças dos diferentes segmentos criados no Diretório Municipal do PSD (Foto:Divulgação)Lideranças dos diferentes segmentos criados no Diretório Municipal do PSD (Foto:Divulgação)

O Diretório Municipal do PSD de Campo Grande lançou, nesta segunda-feira (28) três movimentos para o partido se aproximar da sociedade. Com o PSD Mulher, Comunitário e da Juventude a expectativa é garantir representatividade aos segmentos, atrair novos filiados, renovar a legenda e entrar com força na disputa pela prefeitura da Capital.

Presidente municipal do PSD, Robison Gatti ressaltou que cada segmento terá a independência necessária para desenvolver seus projetos e construir “uma nova política”. “Nossa missão é tornar real os anseios da sociedade, por isso, precisamos dar representatividade a esses três segmentos tão importantes”, disse.

Mara Betânia assumiu o comando do PSD Mulher decidida a lutar por “igualdade”. “Somos 51% do eleitorado e nossa representatividade no parlamento é inferior a 10%. Precisamos mudar isso e o primeiro passo é não aceitar mais ser usada apenas para preencher a cota, temos que entrar na disputa eleitoral para vencer” defendeu.

Neste sentido, o plano é “criar ações” para despertar nas mulheres a importância de participar da vida política. “Vamos realizar eventos, dar palestrar e mostrar que a mulher pode fazer a diferença e tornar a política mais justa e igualitária”, afirmou.

No comando do PSD Comunitário, Sílvio Santos vai dividir a Capital em sete regiões para promover encontros e atrair a população à vida político-partidária. A ideia é realizar ações sociais e, nos eventos, convencer a sociedade de que “para mudar a política é preciso fazer parte dela”.

Gatti acrescentou que a meta é aproveitar os encontros para promover “filiações itinerantes”. “Com isso, esperamos fortalecer o PSD e construir um partido para todos”, completou Sílvio Santos.

Já Marineuza Nascimento assumiu o Movimento Juventude do PSD para tirar o segmento do “esquecimento”. “Temos que oportunizar mais opções de esporte, cultura e lazer para afastar o jovem dar ruas e distanciá-lo das drogas e da violência”, defendeu ela, que já foi secretária municipal da Juventude.

Presidente estadual do PSD, Antonio Lacerda aplaudiu a criação dos movimentos e aproveitou para ressaltar a importância da sociedade entrar na vida político-partidária. “A força da política de um país são os partidos, precisamos botar na cabeça que partido é igual a um time de futebol, temos que vestir a camiseta e entrar em campo para fazer a diferença”, afirmou.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions