ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  24    CAMPO GRANDE 27º

Política

Reeleito, Carlão é 1º a anunciar candidatura à presidência da Câmara

Vereador vai para seu quarto mandato na Casa de Leis e pode ter atual presidente como concorrente

Por Nyelder Rodrigues | 25/11/2020 15:10
Vereador vai para o quarto mandato na Câmara Municipal (Foto: Divulgação/Ascom)
Vereador vai para o quarto mandato na Câmara Municipal (Foto: Divulgação/Ascom)

Antes mesmo de ser diplomado e tomar posse para mais um mandato como vereador na Câmara Municipal de Campo Grande, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), anunciou nesta quarta-feira (25) que vai concorrer à presidência da Casa de Leis. Em 2021 ele vai iniciar seu quarto mandato como parlamentar campo-grandense.

Na atual legislatura, Carlão ocupa o cargo de 1º secretário da Mesa Diretora e sua intenção de ocupar a presidência da Câmara é algo que já vinha sendo cogitado desde o ano passado. Contudo, tudo ainda dependia de sua reeleição e da conjuntura em que ela ocorresse - ele foi o segundo mais votado, com 4.836 votos.

"Sou candidato à presidência da Câmara Municipal de Campo Grande e já estou reunindo várias lideranças, representantes dos partidos que compõem a Casa, pedindo apoio de todas as correntes políticas dos partidos", destaca o vereador.

Ele ainda completa que vai propor um trabalho "voltado a comunidade" e que leve a Câmara para os bairros, ouvindo e atendendo a população. "Vamos apresentar um formato que faça a sociedade se sentir participando do Poder Legislativo".

Também reeleito nas urnas, o atual presidente da Casa, João Rocha (PSDB), candidato natural à reeleição, diz que ainda avalia concorrer à presidência, mas se coloca a disposição do grupo que o apoia na Câmara. Em entrevista recente ao Campo Grande News, ele afirmou que espera que haja consenso na definição dos cargos.

"Da minha parte espero que não haja disputa e sim consenso para presidência e demais cargos [mesa diretora], como houve nas últimas três eleições. Já está todo mundo conversando", destacou Rocha na segunda-feira (23).

Ele ainda ponderou que caso haja consenso entre os novos e antigos vereadores, a questão deve ter um desfecho mais rápido, já em dezembro. No entanto, se o cenário apresentado for de disputa interna pelas vagas, a definição dos cargos ficará para o dia da posse dos vereadores, em 1° de janeiro de 2021.

Dos sete vereadores que fazem parte da atual mesa diretora, apenas quatro foram reeleitos. Além de João Rocha e Carlão, constam na lista Gilmar da Cruz (Republicanos), na 2° secretária; e Epaminondas Vicente, o Papy (SD), na 3° secretaria.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário