A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Março de 2019

01/01/2019 18:24

Riedel diz que lema da 2ª gestão será de Estado “enxuto e transparente”

Secretários foram empossados na tarde desta terça-feira em cerimônia no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo

Gabriel Neris e Leonardo Rocha
Eduardo Riedel discursou em nome dos secretários (Foto: Henrique Kawaminami)Eduardo Riedel discursou em nome dos secretários (Foto: Henrique Kawaminami)

O titular da Secretaria de Governo, Eduardo Riedel, discursou em nome de todos os secretários empossados na tarde desta terça-feira (1º) no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. Riedel afirmou que o lema da segunda gestão do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) será de um Estado enxuto e transparente.

“O lema da segunda gestão é de um Estado enxuto, leve, que gaste menos, ágil e acessível, além de transparente com a prestação de contas”, afirmou.

O secretário afirmou nenhum outro realizou tantas reforças como Mato Grosso do Sul e que o governador teve “cuidado de formar a equipe para conduzir o segundo mandato. A equipe será harmônica, afinada, vai trabalhar em conjunto, leal e desprovida de vaidades”, afirmou.

Riedel afirmou que quando foi chamado para compor em governo em 2014 entendeu que a escolha se devia por ser um empresário, de quem tem visão de fora para dentro do setor. E que uma pessoa da iniciativa privada poderia dar sua contribuição na política.

“De cara enfrentei problemas crônicos do estado brasileiro, como a burocracia, regras do setor público. O Reinaldo conseguiu fazer reformas importantes para enfrentar um país em crise”, disse.

Além de Riedel, também tomaram posse nesta terça-feira os secretários Felipe Matos (Fazenda), Roberto Hashioka (Administração e Desburocratização), Maria Cecília Amêndola (Educação), Geraldo Resende (Saúde), Antônio Carlos Videira (Justiça e Segurança Pública), Elisa Cleia (Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), Jaime Verruck (Meio Ambiente , Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Murilo Zauith (Infraestrutura).

Também foram confirmados os nomes de Carlos Alberto de Assis para chefe de Gabinete do Governador, Sérgio de Paula como secretário especial de Gestão Política, Carlos Eduardo Girão como controlador-geral do Estado e Fabíola Marchetti como procuradora-geral do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions