ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 27º

Política

Secretária garante que carne com sebo em Ceinfs foi substituída, Salute nega

Por Zana Zaidan | 19/11/2013 18:17

A secretária de Assistência Social, Thais Helena, afirmou, hoje (19), em depoimento à Comissão Processante da Câmara de Vereadores, que parte da carne com “excesso de gordura” precisou ser substituída pela Salute nos Ceinfs de Campo Grande.

A secretária disse que, “em meados de agosto”, recebeu uma notificação formal da diretora de um Ceinf que reclamava de carne com sebo. “Não me lembro em qual Ceinf, nem qual quantidade precisou ser substituída, mas posso garantir que a carne com problema não só foi recolhida, como foram substituídas, tenho, inclusive, as notas da Salute que atestam isso”, afirmou.

No entanto, em depoimento à CPI do Calote, o representante da Salute admitiu, ao ser questionado pelos vereadores, que parte da carne precisou ser recolhida, mas nunca foram repostas.

A secretária alegou que o depoimento da Salute tratava de “carne estragada” e, segundo ela, há uma diferença entre carne “com sebo” e “estragada”. “A carne com excesso de gordura não faz mal, e o que os diretores reclamaram é que a carne ao ser cozinhada soltava aquele óleo em excesso. Mas comida estragada, que fez crianças passarem mal, não existe em Campo Grande, o último caso foi em 2011, na administração anterior”, argumentou. 

Contradição - Sobre as contradições nos depoimentos da Salute e da secretária, o vereador Flávio César (PT do B), relator da Comissão Processante, afirma que este é o principal objetivo das oitivas - contrapor depoimentos e esclarecer dúvidas, que vão embasar o parecer da Câmara para que os parlamentares definam se acatam, ou não, o pedido de cassação do prefeito Alcides Bernal (PP).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário