A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/05/2013 18:36

Sem líder de Bernal, CPI da Saúde visita amanhã o Hospital do Câncer

Zemil Rocha
Líder do prefeito, Alex do PT, não participará da visita ao Hospital do Câncer (Foto: Arquivo)Líder do prefeito, Alex do PT, não participará da visita ao Hospital do Câncer (Foto: Arquivo)

Sem a presença do líder do prefeito Alcides Bernal (PP), vereador Marcos Alex (PT), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde visita amanhã, às 9 horas, o Hospital do Câncer Alfredo Abrão. Na primeira reunião da CPI, na terça-feira, Alex se rebelou contra a decisão de visitar o Hospital do Câncer e o Hospital Universitário (HU), que estão sendo investigados em razão se fraudes no setor de oncologia.

Na visita ao Hospital do Câncer, os vereadores vão analisar o funcionamento da unidade e conversar com a atual direção, informando sobre a constituição da CPI e pedindo a cooperação quanto ao fornecimento de informações e documentos. A CPI também deverá visitar o Hospital Universitário na semana que vem e possivelmente a Santa Casa, já que há pedido de um dos integrantes da comissão, Ademar Vieira Junior, o Coringa (PSD), para que as investigações abranjam também o setor de oncologia daquele hospital.

Além do presidente da CPI, Flavio César (PT do B) e da relatora Carla Stephanini (PMDB), também participarão da visita os dois outros integrantes da comissão, Derly dos Reis, o Cazuza (PP), e Coringa, além dos demais vereadores que tiverem interesse em acompanhar os trabalhos.

Durante a sessão desta quinta-feira (16), Flávio César anunciou ainda que a CPI realizará a primeira oitiva na próxima segunda-feira (20), às 9 horas, quando serão ouvidos os membros do Conselho Municipal de Saúde.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


Pra que esta tal CPI?.Ainda mais quando parte interessada está na liderança,deixem a PF e demais órgãos fazerem o trabalho deles,CPI é sinônimo de PIZZA.
 
nilson franco de oliveira em 17/05/2013 09:17:33
E será que alguem acredita nessa cpi? Os amigos dos culpados presiddindo e relantando? Só gente bôba pra acreditar.
 
luiz alves em 16/05/2013 20:47:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions