A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

31/08/2016 10:34

Senado reinicia sessão que decide se Dilma perde de vez ou não o mandato

Se a maioria disser sim, a presidente deixa o cargo definitivamente

Mayara Bueno
Presidente do STF, Ricardo Lewandowsk conduz o julgamento final de Dilma. (Foto: Reprodução TV Senado).Presidente do STF, Ricardo Lewandowsk conduz o julgamento final de Dilma. (Foto: Reprodução TV Senado).

Começou há pouco, nesta quarta-feira (31), a votação final do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Neste momento, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, lê o relatório do afastamento.

Este é o momento que antecede a votação final, que será quando os senadores votarão sim ou não pelo afastamento definitivo de Dilma. Por enquanto, a presidente está na condição de afastada, enquanto Michel Temer (PMDB), seu vice, ocupa interinamente o cargo de chefe do País.

Desde a semana passada, os senadores discutem a questão. Já se passaram as fases de acusação e defesa, inclusive com a ida de Dilma ao Senado, na terça-feira (30), quando foi interrogada por alguns senadores.

O processo começou em março, na Câmara dos Deputados, que, em abril, aceitou a continuidade do impeachment, mandado a situação para o Senado. Lá, em maio, o afastamento temporário foi definido pela maioria dos parlamentares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions