A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

24/11/2014 09:58

Tereza Cristina descarta assumir Seprotur, mas defende divisão

Kleber Clajus e Leonardo Rocha
Deputada federal eleita, Tereza Cristina não pretende retornar a secretaria e indica Ademar Silva para cargo (Foto: Marcelo Calazans)Deputada federal eleita, Tereza Cristina não pretende retornar a secretaria e indica Ademar Silva para cargo (Foto: Marcelo Calazans)

Sem pretensão de assumir secretaria, a deputada federal eleita Tereza Cristina Corrêa (PSB) defende divisão de pasta entre produção e turismo, além de indicar nome para compor equipe de governo de Reinaldo Azambuja (PSDB).

“Não existe qualquer possibilidade de eu ser secretária. Já conversei várias vezes com o Reinaldo sobre isso”, pontuou a ex-titular da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo).

A pessebista é favorável a divisão da pasta que comandou para que “os assuntos possam ser mais aprofundados”. Tal possibilidade foi cogitada por Reinaldo Azambuja durante a campanha eleitoral, uma vez que as atribuições da secretaria se tornaram muito amplas.

Em relação aos nomes para chefiar a Seprotur, Tereza Cristina não crê que o presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Eduardo Ridel, assuma o posto.

Neste caso, ela indica o ex-presidente da entidade, Ademar Silva, como “ótimo quadro” a ser considerado pelo tucano na definição do primeiro escalão, uma vez que este já integra equipe de transição de governo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions