A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/01/2009 16:31

Termina referendo na Bolívia, começa apuração dos votos

Redação

Sob críticas da oposição que questionou a transparência da consulta, a votação sobre a nova Constituição da Bolívia terminou há pouco e em seguida teve início a contagem de votos.

Não houve registro de violência ou tumulto na fronteira com Mato Grosso do Sul, segundo o jornal Diário Corumbaense.

O referendo havia começado às 8h (10h de Mato Grosso do Sul) deste domingo, em La Paz.

O projeto votado pelos bolivianos inclui 411 artigos que ampliam o controle do Estado sobre a economia e expandem direitos das populações indígenas.

Conforme o site Estadão.com.br, eles dão mais autonomia para os Departamentos (estados), que poderão ter legislativos locais, "mas passam longe de satisfazer as exigências da oposição de Santa Cruz, Beni, Pando e Tarija ao manter o controle da política fiscal, de segurança e energética nas mãos de La Paz".

Um dos pontos polêmicos é que a nova Carta limita os latifúndios e prevê que os 36 povos indígenas originários bolivianos (uma minoria que não faz parte das duas grandes etnias do país, o quíchua e o aimara) poderão ter sistemas de Justiça próprios.

Se aprovada, a nova Constituição deve mudar radicalmente as instituições bolivianas e o modo como o Estado se relaciona com o setor privado.

Cientistas políticos afirmam que empresas estrangeiras poderão ter problemas para remeter lucros para seus países de origem, porque a nova legislação exige que eles sejam reinvestidos na Bolívia.

Além disso, caso o novo projeto seja aprovado, eleições gerais devem ser convocadas para dezembro. (notícia atualizada às 18h40)

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions