A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/09/2014 10:58

Leilão de milho negociou apenas 20% do oferecido por produtores de MS

Caroline Maldonado
Foram negociadas 15 mil toneladas do volume de 75 mil toneladas ofertado no leilão (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)Foram negociadas 15 mil toneladas do volume de 75 mil toneladas ofertado no leilão (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) negociou na quinta-feira (28), apenas 15 mil toneladas do volume de 75 mil toneladas ofertado no leilão de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor) de milho dos produtores de Mato Grosso do Sul.

O resultado equivale a 20% do total oferecido no edital de operações de subvenção. A operação do prêmio movimentou recursos que totalizaram R$ 457,5 mil. Além de produção da região norte do Estado, participaram do leilão lotes de produtores rurais e cooperativas de Mato Grosso, Goiás, regiões do oeste da Bahia, sul do Maranhão e do sul do Piauí.

Chuvas ajudaram produção, mas produtores reclamam de preço baixo (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)Chuvas ajudaram produção, mas produtores reclamam de preço baixo (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

A maior quantidade de milho foi do Mato Grosso, que comercializou 1,45 milhão de toneladas, seguido de Goiás e Mato Grosso do Sul. Em todo o Brasil, foram negociadas 1,63 milhão de toneladas das 1,75 milhão de toneladas ofertadas, o que representa 93,63% do total, que movimentou R$ 65,2 milhões.

Preço baixo - As chuvas de julho ajudaram a consolidar a melhor safra de milho dos últimos três anos em Mato Grosso do Sul, mas o preço da saca de 60 quilos em torno de R$ 16, preocupou os produtores, pois o valor considerado mínimo é de R$ 17,67.

O Pepro é um incentivo econômico concedido ao produtor rural ou a sua cooperativa para vender seu produto pela diferença entre o preço mínimo e o valor do prêmio equalizador arrematado em leilão.

O objetivo do prêmio é o escoamento que permite a elevação do preço de mercado nos locais em que o milho está excedente. Com isso, são abastecidas as regiões que sofrem com a escassez do produto.

Leilão de milho comercializa apenas 15 mil toneladas do Estado
O leilão de Pepro (Prêmio Equalizador pago ao Produtor Rural) realizado hoje pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) comercializou apenas 15...
MPF cobra adoção de monitoramento eletrônico de aeronaves agrícolas
O MPF (Ministério Público Federal) recomendou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que apresente, no prazo de 60 dias, um cronograma de ações p...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions