ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  31    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Em uma semana, casos confirmados de coronavírus dobraram em Mato Grosso do Sul

Um dos pacientes recentes é de Três Lagoas e não tem histório de viagem, o que indica transmissão comunitária no Estado

Por Anahi Zurutuza | 01/04/2020 16:33
Hospital Regional é referência no tratamento da doença em Campo Grande, com 58 UTI já montadas. (Foto: Kisie Ainoã)
Hospital Regional é referência no tratamento da doença em Campo Grande, com 58 UTI já montadas. (Foto: Kisie Ainoã)

De ontem para hoje, foram mais três positivos e uma cidade incluída na lista de municípios de Mato Grosso do Sul onde o novo coronavírus confirmadamente contaminou habitantes. No entanto, o dado mais importante do boletim epidemiológico desta quarta-feira, 1º de abril, é que em uma semana, o número de confirmados dobrou no Estado.

Se o avanço do vírus continuasse no mesmo ritmo de dez dias atrás, a previsão das autoridades era que a quantidade de pessoas contaminadas dobrasse a cada dois dias. Teríamos, já nesta primeira semana de abril, pelo menos 30 mil pessoas, doentes ou não, com o coronavírus. A previsão, por enquanto, não se concretizou. “Temos média de 7 dias para duplicação de casos confirmados”, explicou a secretária-adjunta de Saúde do Estado, Christine Gonçalves Maymone, na transmissão ao vivo desta tarde.

Secretária-adjunta de Saúde do Estado, Christine Gonçalves Maymone, na transmissão ao vivo desta tarde (Foto: Reprodução)
Secretária-adjunta de Saúde do Estado, Christine Gonçalves Maymone, na transmissão ao vivo desta tarde (Foto: Reprodução)

Um dos novos casos confirmados é um homem de 53 anos, morador de Três Lagoas, conforme divulgou o Campo Grande News na manhã de hoje. Ele está internado.

Embora o paciente não tenha histórico de viagem, segundo a Prefeitura de Três Lagoas, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) ainda não declarou a transmissão comunitária (ou local) do coronavírus em Mato Grosso do Sul – quando é impossível detectar o foco do contágio e por isso, fica evidente a circulação do vírus naquela localidade. O boletim diz que a secretaria ainda investiga a situação.

Em Campo Grande, o número de casos subiu de 37 para 38. Dourados teve o terceiro confirmado hoje, um homem, de 60 anos, que é marido da paciente, de 52, que já havia testado positivo.

Do total de pessoas confirmadas, sete estão com a Covid-19 e precisaram de internação. Outras 16 estão em isolamento domiciliar e 27 finalizaram a quarentena, sem sintomas. Na conta entra ainda a morte da idosa, de 64 anos, moradora de Batayporã.

O número de suspeitos também subiu, de 38 para 39, mas o número de cidades com casos em investigação caiu de 16 para 14 de ontem para hoje.

Confira mais detalhes aqui.