ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

MS tem Dia D de vacinação contra polio no sábado

Estado tem público-alvo estimado em 245.726 crianças e a expectativa é imunizar 95% do grupo

Por Fernanda Palheta | 07/06/2024 13:58
Criança recebendo dose de imunizante (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Criança recebendo dose de imunizante (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Os 79 municípios de Mato Grosso do Sul aderiram o Dia D de imunização contra a poliomielite e terão mutirão neste sábado (8). A ação faz parte do calendário da campanha nacional, que segue até o dia 14 de junho. O Estado tem público-alvo estimado em 245.726 crianças e a expectativa é imunizar 95% do grupo.

Campo Grande terá mutirão de vacinação em nove locais disponíveis: as USFs (Unidade de Saúde Familiar) Noroeste, Caiçara, Silva Regina, Moreninha, Parque do Sol, 26 de Agosto e Vila Cox. O horário de atendimento será das 7h às 17h.

Será possível receber a vacina nos pontos itinerantes no sábado (8) e domingo (9) no Shopping Norte Sul Plaza e Bosque dos Ipês, das 10h às 18h e das 10 às 17h, respectivamente. No interior, a orientação da SES (Secretaria de Estado de Saúde) é que a população procure a unidade básica de saúde da sua cidade.

Desde o início da campanha, dia 27 de maio, segundo dados do Painel DEMAS (Departamento de Monitoramento, Avaliação e Disseminação de Informações Estratégicas em Saúde) do Ministério da Saúde, 41.255 doses foram aplicadas em crianças menores de 1 ano e 32.811 doses aplicadas em crianças de 1 a 4 anos, em Mato Grosso do Sul.

Em 2022, ano da última campanha nacional, Mato Grosso do Sul alcançou 73,95% da meta, de acordo com o Painel de Monitoramento da Coberturas Vacinais do Ministério da Saúde.

O último caso da doença, também conhecida como paralisia infantil, no Brasil ocorreu em 1989. Em 1994, o país recebeu a certificação de área livre de circulação do vírus. A Poliomelite, é causada por um vírus que vive no intestino e pode infectar adultos, crianças e a transmissão se dá pelo contato direto com as fezes ou secreções eliminadas pelo corp

A doença causa paralisia, e nos casos mais graves atinge os membros inferiores como paralisia de uma das pernas, pé torto, dores nas articulações e atinge também outros músculos que podem prejudicar a fala e a deglutição.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias